Notícias

Banca de DEFESA: FRANCISCO VANDERSON DE MOURA ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO VANDERSON DE MOURA ALVES
DATA: 28/08/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 260
TÍTULO: Uma Análise da Familiaridade de Código entre as Perspectivas de Módulo e Funcionalidade
PALAVRAS-CHAVES: Desenvolvimento de Software. Engenharia Reversa. Familiaridade de Código. Identificação de Funcionalidades. Mineração de Repositórios de Software
PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
RESUMO:

Durante as atividades de manutenção de software, especialmente evolutivas, corretivas e perfectivas, gerentes ou líderes de projetos geralmente realizam a distribuição de tarefas com base na relação que cada desenvolvedor possui com o código fonte associado, ou seja, quanto maior a relação entre um determinado desenvolvedor e o código fonte associado, maior será a probabilidade desse desenvolvedor assumir o desenvolvimento. Contudo, é comum que gerentes de projetos não tenham uma noção real de como está a relação entre desenvolvedores e o código fonte relacionado à cada tarefa a ser desenvolvida. Em um estudo (dissertação de mestrado) anterior, foi proposto um método baseado em Mining Software Repositories (MSR) para obter a familiaridade de código dos desenvolvedores, a partir da mineração de dados de repositórios de software. O cálculo da familiaridade é feito considerando a perspectiva de módulo (pacote) ou arquivo. Neste trabalho, é proposta uma abordagem baseada no método citado anteriormente, para inferência da familiaridade de desenvolvedores, considerando também uma nova perspectiva: funcionalidade de software. Algumas das principais etapas da abordagem proposta visam identificar funcionalidades de software e unidades computacionais (arquivos de código) que compõem cada funcionalidade identificada, com base na utilização de técnicas de Reverse Engineering (RE). Um dos objetivos principais deste trabalho é a realização de uma análise da familiaridade de código considerando as perspectivas de módulo e funcionalidade. Neste estudo foi realizado também, um Mapeamento Sistemático da Literatura (MSL) que apresenta um overview da área de inferência da familiaridade e outros tipos de relação entre desenvolvedor e código fonte por meio de técnicas baseadas em MSR. Por fim, foi realizada neste trabalho, uma avaliação em duas etapas. Na primeira fase a abordagem proposta foi avaliada no processo de identificação de funcionalidades e arquivos relacionados. Por meio da análise de sistemas reais, pôde-se constatar que a abordagem obteve um desempenho satisfatório durante esse processo. Durante a segunda etapa de avaliação da abordagem foi realizada a inferência e análise da familiaridade de código entre desenvolvedores considerando a perspectiva de módulo e funcionalidade. Os resultados mostram que uma visão por funcionalidade fornece informações importantes a respeito da familiaridade de código. 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FABIO DE JESUS LIMA GOMES - IFPI
Externo à Instituição - LINCOLN SOUZA ROCHA - UFC
Presidente - 2167802 - PEDRO DE ALCANTARA DOS SANTOS NETO
Interno - 1226761 - RAIMUNDO SANTOS MOURA
Notícia cadastrada em: 16/07/2018 09:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 26/06/2019 21:41