Notícias

Banca de DEFESA: GLEISON DE ANDRADE E SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLEISON DE ANDRADE E SILVA
DATA: 12/09/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Video Conferência NCAD
TÍTULO: Um Estudo sobre a Seleção Automática de Trabalhos em Revisões e Mapeamentos Sistemáticos da Literatura
PALAVRAS-CHAVES: Revisão Sistemática da Literatura. Mapeamento Sistemático de Estudos. Seleção de Estudos. Triagem de Citação. Aprendizagem de Máquina. Mineração de Texto. Processamento de Linguage
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Metodologia e Técnicas da Computação
ESPECIALIDADE: Engenharia de Software
RESUMO:

Quando se deseja iniciar uma nova pesquisa é essencial que se faça uma análise do atual estado da arte do tema de interesse. No entanto, garantir que essa análise seja completa e justa, sem que nenhum trabalho seja favorecido na análise, é uma tarefa difícil. Esta é a principal justificativa para a realização de uma Revisão Sistemática da Literatura (RSL) e de um Mapeamento Sistemático da Literatura (MSL). Existem diversos motivos para a realização de revisões/mapeamentos, dentre eles pode-se destacar: a necessidade de sumarizar toda evidência empírica sobre determinado tratamento ou tecnologia; identificar gaps na área de pesquisa e sugerir pontos de futura investigação. Apesar de seus benefícios, a condução desses trabalhos continua sendo um processo manual e de trabalho intensivo. Uma RSL/MSL requer bastante esforço e ferramentas que apoiam a sua execução são fundamentais para auxiliar em cada etapa, orientando a sua execução, organização, e consequentemente reduzindo o tempo necessário para sua conclusão. Existem esforços para automatizar etapas de uma RSL/MSL. Uma dessas abordagens é a aplicação de Aprendizagem de Máquina (AM) junto com a Mineração de Texto (MT) para auxiliar a Seleção de Estudos (SE). No entanto, nem todas as soluções propostas são transparentes e adequadas. Apesar das primeiras adaptações de RSLs na área de Computação, especialmente em Engenharia de Software (ES), terem ocorrido há mais de uma década, a perspectiva de boas ferramentas de apoio construídas com base em técnicas de MT é promissora, mas sua eficácia não foi totalmente explorada e testada. Este trabalho tem como principal objetivo a proposição de um método que visa reduzir o esforço e tempo de execução de Revisões e Mapeamentos Sistemáticos, com foco na fase de seleção inicial de estudos. Esse método utiliza características textuais de artigos, obtidas do título, resumo e palavras-chave, e de posse dessas características aplica-se técnicas de AM para classificar os artigos em aceitos ou rejeitados. Foram realizadas duas avaliações, a primeira visou identificar que configurações foram capazes de reduzir a quantidade de artigos a serem lidos, além disso, a redução da perda de artigos relevantes. Na segunda foi realizada uma comparação com uma ferramenta existente na literatura com o mesmo objetivo. Os resultados apontam que com uma pequena perda de estudos relevantes é possível reduzir em até 69% o trabalho realizado na seleção de trabalhos. Além disso, o método proposto obteve resultados significativos em relação à ferramenta a qual foi comparada.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOÃO PAULO PORDEUS GOMES - UFC
Presidente - 2167802 - PEDRO DE ALCANTARA DOS SANTOS NETO
Interno - 1226761 - RAIMUNDO SANTOS MOURA
Interno - 1446435 - VINICIUS PONTE MACHADO
Notícia cadastrada em: 05/08/2019 07:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 19/10/2019 22:43