Notícias

Banca de DEFESA: NATANAEL RIBEIRO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NATANAEL RIBEIRO DA SILVA
DATA: 31/08/2022
HORA: 08:30
LOCAL: Sala Virtual do Google Meet
TÍTULO: Um Mecanismo de Controle de Congestionamento Local Disparado por Eventos Através de Compactação de Dados para RSSFs Cluster-Tree baseadas no Padrão IEEE 802.15.4
PALAVRAS-CHAVES: Rede de Sensores sem Fio. IEEE 802.15.4. ZigBee. Cluster-tree. Controle de congestionamento. Internet das Coisas.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Ciência da Computação
SUBÁREA: Sistemas de Computação
RESUMO:

A Internet das Coisas (IoT - Internet of Things) é uma inovação tecnológica que tem se tornado bastante atrativa no âmbito comercial, industrial e residencial. Por conta disso, houve uma crescente aplicação principalmente nos negócios, com o desenvolvimento de mecanismos de comunicação eficientes e desenvolvimento de aplicações em Redes de Sensores Sem Fio (RSSF). A essa grande aplicabilidade torna-se necessária uma avaliação de benefícios, estratégias e dificuldades enfrentadas na aplicação dessa tecnologia. O conjunto de normas IEEE 802.15.4 e ZigBee forma uma pilha adequada de protocolos para implantação de RSSFs, oferecendo interoperabilidade, mobilidade e autonomia entre dispositivos. Essas normas, que suportam as topologias estrela e peer-to-peer, operam sob baixo consumo energético, baixo custo, armazenamento reduzido e baixas taxas de comunicação. Estas normas especificam uma topologia especial peer-to-peer chamada cluster-tree, na qual permite a sincronização de nós e é apontada como uma das topologias mais apropriadas para implantação em ambientes de larga escala. Nesse contexto, a ocorrência de congestionamentos (acentuados pelas limitações dos dispositivos quanto a transmissão de dados) evidencia-se um dos maiores desafios de RSSFs cluster-tree de larga escala. Diante disso, torna-se necessário criar mecanismos eficientes para mitigar os elevados atrasos de comunicação fim-a-fim e as possíveis perdas de pacotes que são comuns num ambiente congestionado, sem comprometer a integridade dos dados. Este trabalho de mestrado propõe a utilização de um mecanismo de compactação local eficiente como forma de evitar ou postergar congestionamentos para redes de sensores sem fio cluster-tree de larga escala baseadas nas normas IEEE 802.15.4/ZigBee. Partindo do pressuposto de uma arquitetura de RSSF cluster-tree já implantada, este trabalho implementa um mecanismo eficiente que possa compactar os dados transmitidos pelos nós sensores evitando ou postergando um possível congestionamento da rede. A ideia subjacente é a implementação de um sistema dinâmico orientado a eventos, que aciona o mecanismo de compressão a fim de reduzir a quantidade de dados a serem transmitidos, e dessa forma, fornecer qualidade de serviço para o típico fluxo de monitoramento, reduzindo congestionamentos, atrasos de comunicação fim-a-fim e perdas de pacotes. Como resultados, este trabalho pretende contribuir com o estado da arte de RSSFs cluster-tree e faz uma avaliação de desempenho por simulação, aplicados a diferentes cenários de RSSFs utilizando diversas métricas de rede, mostrando a eficiência do mecanismo proposto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2619458 - ERICO MENESES LEAO
Interno - 1732950 - JOSE VALDEMIR DOS REIS JUNIOR
Interno - 2061294 - RICARDO DE ANDRADE LIRA RABELO
Externo à Instituição - CARLOS MONTEZ - UFSC
Notícia cadastrada em: 05/08/2022 15:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 03/03/2024 18:58