Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNA MARIA MOURA SOARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNA MARIA MOURA SOARES
DATA: 05/03/2021
HORA: 10:00
LOCAL: link
TÍTULO: Avaliação de taxas de cesárea em uma maternidade pública de risco habitual utilizando o Sistema de Classificação de Robson
PALAVRAS-CHAVES: trabalho de parto, gravidez
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

A operação cesariana que até meados do século XX era considerada um procedimento de exceção, realizada apenas em caso de risco para a mãe ou para o feto, atualmente representa mais da metade dos nascimentos no Brasil. A OMS aponta uma associação entre taxas populacionais de cirurgias cesarianas entre 10% e 15% e a diminuição na mortalidade materna e neonatal. Visando garantir a utilização de um sistema de classificação de cesarianas confiável, sistemático, aceito internacionalmente, a OMS recomenda que o Sistema de Classificação em Dez grupos de Robson seja utilizado internacionalmente como instrumento padrão para avaliar, monitorar e comparar taxas de cesáreas nos diversos setores de saúde. A pesquisa objetivou analisar as taxas de cesárea segundo a classificação de Robson em uma maternidade municipal de Teresina-PI. Realizou-se um estudo documental retrospectivo, de abordagem quantitativa, utilizando-se como fonte de dados prontuários e registros da assistência obstétrica referentes ao ano de 2018. A amostra do estudo foi composta por 211 prontuários de pacientes submetidas à cesárea no período referido. Os dados foram organizados em planilhas eletrônicas e submetidos à análise descritiva e de frequência absoluta e relativa. Os dados sobre as condições clínicas e antecedentes obstétricos das mulheres submetidas à cesárea na maternidade foram distribuídos de acordo com o Sistema de Classificação de Dez Grupos de Robson. No período da pesquisa ocorreram 1189 (60,29%) partos normais, e 783 (39,71%) cesáreas. A análise da contribuição de cada grupo da Classificação de Robson à taxa de cesárea evidenciou predominância dos grupos 5 (28,9%), seguido do Grupo 1 (27,5%) e do Grupo 2 (22,7%). A aplicação contínua e sistemática da Classificação de Robson possibilitará à gestão a análise das taxas de cesáreas relativas e a prevalência entre os grupos de mulheres assistidas pela maternidade, e a comparação interna e externa dos resultados. E ainda, fornecerá subsídios para o estabelecimento de protocolos apropriados à adequada indicação do tipo de parto e, consequentemente, contribuirá para a redução da taxa de cesárea.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423584 - IONE MARIA RIBEIRO SOARES LOPES
Externo à Instituição - JAILSON COSTA LIMA - UESPI
Interno - 4332146 - JOSE ARIMATEA DOS SANTOS JUNIOR
Presidente - 3373256 - PEDRO VITOR LOPES COSTA
Notícia cadastrada em: 24/02/2021 09:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 11/05/2021 04:48