Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA JOSE CASTRO DIOGENES
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA JOSE CASTRO DIOGENES
DATA: 30/01/2020
HORA: 15:00
LOCAL: sala de aula da PREXC
TÍTULO: PREVALÊNCIA DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER ENTRE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIAS
PALAVRAS-CHAVES: Violência contra a mulher. Violência em estudantes universitárias. Violência Doméstica. Espaços públicos. Estudo transversal
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

Introdução:  A violência contra a mulher entre estudantes universitárias ocorre tanto nos espaços domésticos como, também, nos espaços públicos e tem impacto direto na saúde da estudante. Objetivo: Analisar a prevalência e fatores associados à violência contra a mulher entre estudantes universitárias. Metodologia: Estudo transversal analítico realizado com 458 estudantes do sexo feminino, na Universidade Federal do Piauí-UFPI, campus Professora Cinobelina Elvas-CPE, em Bom Jesus. A descrição da amostra foi feita utilizando-se as frequências absolutas, relativas e medidas de tendência central. Os dados foram coletados por meio de questionário adaptado da pesquisa Estudo Multi-Países sobre Saúde da Mulher e Violência doméstica da Organização Mundial da Saúde. Aplicou-se o teste Qui-quadrado de Pearson (X2) e a razão de prevalência (RP) por meio de regressão de Poisson, e respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%) com nível de significância de 5%. Resultados:  A maioria das estudantes eram do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas (29,3%), tinham menos de 25 anos (83,1%), negras (84,3%), não morava com pai/mãe (73,4%), não possuíam trabalho remunerado (88,4%), não tinham companheiro (52,8%) e (67,3%) ganhava menos de um salário mínimo. A prevalência de violência por parceiro íntimo entre as estudantes universitárias foi de 26,4%, sendo que 24,2% foi vítima de violência psicológica, 7,9% de violência física e 2,8% de violência sexual. A prevalência de violência total foi de 45,3%, sendo que 44,4% foi vítima de violência psicológica, 10,1% de violência física e 3,4% de violência sexual. Houve associação significativa (p <0,05) entre sofrer violência sexual pelo parceiro íntimo e a idade (RP: 6.6; IC95%: 1,2-35,2), entre violência física e a cor (RP: 2,8; IC95%: 1,1-7,2). A violência total foi associada à cor das estudantes (RP: 1,3; IC95%: 1,0-1,6). Conclusão: Foram identificadas elevadas prevalências de violência contra a mulher entre estudantes universitárias, tanto de violência por parceiro íntimo como de violência total.

                                                                                      


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FRANCILENE VIEIRA DA SILVA - UEMA
Interno - 1167577 - LIS CARDOSO MARINHO MEDEIROS
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Presidente - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS

Cadastrada em: 18/01/2020
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 20/02/2020 - 21/02/2020 · Matrícula para o período 2020.1.
  • 02/03/2020 · Início do período letivo 2020.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 21/01/2020 19:40