Notícias

Banca de DEFESA: IVAN LAZARO BRITO E SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IVAN LAZARO BRITO E SILVA
DATA: 06/09/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 317
TÍTULO: A COMUNIDADE QUE VEM: TEORIA DO PODER DESTITUINTE EM GIORGIO AGAMBEN
PALAVRAS-CHAVES: Comunidade que vem. Poder constituinte. Poder destituinte. Homo sacer.
PÁGINAS: 151
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Filosofia
SUBÁREA: Ética
RESUMO:

Esta pesquisa tem como objeto apresentar a obra “A Comunidade que vem”, de Giorgio Agamben, como uma iniciativa filosófica para apontar, preliminarmente, uma teoria do “poder destituinte”; fruto de uma crítica ao “poder constituinte”, que permeia o modo de vida político-jurídico da contemporaneidade democrática. A “comunidade que vem” é pensada como o oposto principiológico da perspectiva sempre conceitual e indiferente do poder constituinte fundamentado no paradigma moderno da biopolítica – política de governabilidade da vida biológica -, na violência como aplicação e manutenção dos corpos políticos, e que traz à tona a condição de Homo sacer dos membros da comunidade sob sua esfera de poder, condição evidente quando e onde há uma situação de exceção do poder – quando o poder legal é suspenso -, fazendo permanecer a pura aplicação da força de contensão. E, além disso, propor a vida monacal como exemplo prático de comunidade vivida fora de um jugo de poder soberano, onde a vida é autossuficiente como prática regular conduzida individualmente sem intermediações a poderes superiores, sem fundamentos absolutos irrevogáveis.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2259518 - FABIO ABREU DOS PASSOS
Externo à Instituição - HELTON MACHADO ADVERSE - UFMG
Interno - 1764151 - JOSE ELIELTON DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 17/08/2018 12:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 17/09/2019 08:13