Notícias

Banca de DEFESA: JANIO AVELINO DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JANIO AVELINO DA SILVA
DATA: 31/12/2018
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 14, do Espeço Integrado 1-UFPI, Campus Ministro Petrônio Portella, Planalto Ininga,Teresina-PI
TÍTULO: O IMPACTO DA CULTURA ORGANIZACIONAL NA ACEITAÇÃO DE TECNOLOGIA: UMA ANÁLISE DO MEMORANDO ELETRÔNICO NA UFPI
PALAVRAS-CHAVES: Cultura organizacional; Inovação; Aceitação ecnológica; Sistema Integrado de Gestão; Sistemas ERP
PÁGINAS: 195
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração Pública
ESPECIALIDADE: Organizações Públicas
RESUMO:

As corporações decidem investir em tecnologias de informação por diversos motivos: melhorar a qualidade, aumentar lucros e gerir o conhecimento estão entre os mais relevantes. Nesse cenário, está se expandindo o uso dos Sistemas Integrados de Gestão Empresarial (ERP), que constituem uma arquitetura de software que otimiza o gerenciamento do fluxo de informações, através de módulos como os de cadastro de pessoal, auxílio estratégico na tomada de decisões, etc. Um dos fatores críticos do sucesso na implantação desses sistemas é a aceitação da tecnologia por parte dos usuários. Além disso, a aceitação de inovações nas corporações, como as decorrentes da adoção de ERP, podem sofrer influência da cultura organizacional, uma importante variável para o sucesso de práticas de gestão, iniciativas de melhoria e desempenho organizacional. Nesse contexto, este estudo tem por objetivo medir o impacto da cultura organizacional na aceitação de tecnologia do módulo de memorando eletrônico de um ERP implantado em uma Instituição Federal de Ensino Superior. Para isso, foi realizada uma pesquisa survey, a partir da construção de um modelo de pesquisa que combinou a análise da cultura organizacional com a medição da aceitação de tecnologia, adicionando o treinamento como variável moderadora. Adotando uma abordagem quantitativa, foram validados os questionários de uma amostra composta por 337 usuários do memorando eletrônico. No tratamento dos dados e teste das hipóteses foram aplicadas técnicas de análise estatística multivariada e modelagem de equações estruturais. Os resultados mostraram que a cultura organizacional influenciou a facilidade de uso percebida e a intenção comportamental de uso, favorecendo a aceitação da tecnologia do memorando eletrônico. Entretanto, o efeito moderador do treinamento não obteve significância estatística. Esses resultados permitiram confirmar quatro das oito hipóteses referentes ao modelo da pesquisa, contribuindo para estudos no campo da aceitação de tecnologia, implantação de ERP e da cultura organizacional.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1979907 - ALEXANDRE RABELO NETO
Interno - 1787957 - EULALIO GOMES CAMPELO FILHO
Externo ao Programa - 434.977.053-49 - HELANO DIOGENES PINHEIRO - UESPI
Notícia cadastrada em: 20/12/2018 11:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 24/01/2020 23:57