Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDO LAERTE MIRANDA DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDO LAERTE MIRANDA DE CARVALHO
DATA: 29/09/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Acesso remoto
TÍTULO: SISTEMA DE CONTROLE INTERNO: UM ESTUDO DE CASO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ESTADUAL SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA INSTITUCIONAL
PALAVRAS-CHAVES: Controle Interno; Teoria Institucional; Governo Estadual; Administração Pública.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração
SUBÁREA: Administração Pública
ESPECIALIDADE: Política e Planejamento Governamentais
RESUMO:

A partir do conceito do New Public Management, a Administração Pública almeja resultados
no intuito de prestar serviços de qualidade ao cidadão, considerando a qualidade do gasto
público e aprimorando as práticas de gestão, utilizando o controle interno como ferramenta de
apoio. Nesta seara, a Controladoria Governamental emerge como entidade responsável por
propiciar uma visão holística e sistêmica na implementação de mecanismos que contribuam
com a transparência da aplicação dos recursos públicos. Diante da modernização e da reforma
do aparelho estatal que implicou mudança da forma de controle, em que se tem, atualmente,
um controle voltado para resultados e capaz de mensurar os resultados das políticas públicas a
partir de indicadores de desempenhos, esta pesquisa tem por objetivo: analisar o processo de
institucionalização dos núcleos setoriais de controle interno na administração pública do
estado do Piauí. Este estudo será desenvolvido sob a perspectiva da Teoria Institucional.
Utilizar-se-á uma abordagem qualitativa e de tipologia descritiva e exploratória (Gray, 2012),
em que serão realizadas entrevistas semiestruturadas com agentes públicos vinculados aos
núcleos de controle interno de órgãos e secretarias do estado e na Controladoria Geral do
Estado. Os dados coletados serão analisados por meio da análise do conteúdo (Bardin, 2011) e
da técnica pattern matching (Trochim, 1989), em que é realizada uma comparação entre a
teoria adotada neste estudo e a realidade empírica investigada. Espera-se identificar o nível de
aderência à habitualização, objetificação e sedimentação do processo de institucionalização do
controle interno, além do isomorfismo coercitivo, normativo e mimético.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALESSANDRA CABRAL NOGUEIRA LIMA - UFS
Interno - 827.593.403-68 - ALEXANDRE RODRIGUES SANTOS - VINC-CEAD
Presidente - 010.780.943-57 - EVANGELINA DA SILVA SOUSA - UFPI
Externo à Instituição - LUIS EDUARDO BRANDÃO PAIVA - UNINOVE
Notícia cadastrada em: 28/09/2022 09:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/05/2024 14:11