Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JEFFERSON LUIZ DE CERQUEIRA CASTRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JEFFERSON LUIZ DE CERQUEIRA CASTRO
DATA: 15/11/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Aula do Mestrado
TÍTULO: Envelhecer nas Ilhas Canárias – MA e sua Qualidade de Vida: Uma análise psicossocial.
PALAVRAS-CHAVES: Envelhecimento; Idosos; Qualidade de Vida; Representações Sociais; Ribeirinhos.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

No cenário mundial, tem se observado um aumento exponencial do contingente de pessoas idosas. Nesse sentido, o envelhecimento populacional já é uma realidade. Destaca-se que esse fenômeno demográfico advém da redução das taxas de fecundidade, de mortalidade e, ainda, possui relação com o aumento da expectativa de vida. Contudo, apesar desse aumento da expectativa de vida representar um ganho para a sociedade não significa, necessariamente, que as pessoas vivam com qualidade de vida (QV). Assim como o envelhecimento, a QV é um fenômeno pluridimensional, multideterminado, que possui diversos significados, divergindo de pessoa para pessoa, de acordo com o contexto histórico e sociocultural. Não obstante, a Teoria das Representações Sociais (TRS) se apresenta como arcabouço teórico para compreender tanto a QV como o envelhecimento, pois as Representações Sociais (RS) se relacionam a característica subjetiva desses objetos, haja vista que as RS são construções simbólicas que possibilitam ao sujeito compreender seu entorno, a fim de dar significado a sua existência dentro do marco histórico e cultural no qual está inserido. Ademais, as RS se configuram enquanto produto e processo de relações grupais, o que torna necessário conhecer os objetos da representação, bem como o grupo que o representa. Nesta direção, os idosos ribeirinhos se destacam por possuir um modo de vida distinto das demais populações, possuindo uma relação estreita com a natureza, o que implica em seu modo de ser e de viver. Portanto, a presente dissertação tem como objetivo realizar uma análise psicossocial do envelhecimento e da qualidade de vida na velhice entre idosos ribeirinhos das Ilhas Canárias – MA. Para isso, especificamente, a dissertação propõe: descrever aspectos da rotina dos idosos em contexto ribeirinho; apreender as RS do envelhecimento entre esses idosos; investigar as RS da qualidade de vida na velhice para os participantes. Vale ressaltar que a pesquisa foi submetida ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí, e aprovada sob o parecer 2.734.021. Trata-se de um estudo pautado no método qualitativo, do tipo exploratório, com corte transversal, e amostra não-probabilística por conveniência. Será utilizada a abordagem estrutural das representações sociais, que complementa a TRS, fornecendo subsídios essenciais como base teórica e método, para a realização desta pesquisa. Espera-se a participação de 100 idosos ribeirinhos. Salienta-se que a escolha do espaço amostral se deve ao fato de que a literatura aponta que para que haja representatividade consoante a abordagem estrutural das RS o número de sujeitos deve ser de 100 ou mais. Para a coleta de dados serão utilizados questionários socioeconômicos e sociodemográficos; um inventário de rotinas; a Técnica de Associação Livre de Palavras (TALP), com os indutores: envelhecimento, qualidade de vida, idoso, velhice; entrevistas semiestruturadas, contendo questões referentes aos objetos de pesquisa; e por fim, Grupos Focais, os quais terão temas disparadores a partir dos achados da TALP. É importante mencionar que os dados dos questionários e do inventário de rotinas serão submetidos a estatísticas descritivas por meio do software IBM SPSS 24.0; já os dados das entrevistas e da TALP serão analisados pelo software IRaMuTeq, através da análise prototípica e da classificação hierárquica descendente, respectivamente; enquanto os dados do grupo focal serão submetidos à análise de conteúdo temática. Salienta-se que a dissertação será estruturada em quatro estudos, um para cada instrumento, com exceção dos questionários, os quais servirão para caracterizar a amostra. Assim, espera-se que a presente dissertação contribua para os devidos esclarecimentos referentes ao envelhecimento e qualidade de vida, que seus dados possam subvencionar novas investigações, bem como contribuir para futuras intervenções e implementação de políticas públicas para a população idosa ribeirinha.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2730053 - EMERSON DIOGENES DE MEDEIROS
Externo ao Programa - 027.888.154-84 - JORGE ARTUR PEÇANHA DE MIRANDA COELHO - UFAL
Presidente - 1551072 - LUDGLEYDSON FERNANDES DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 05/11/2018 17:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 11:46