Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUDMARA MOURA MIRANDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUDMARA MOURA MIRANDA
DATA: 02/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: UFPI - Campus Ministro Reis Velloso. Sala 739
TÍTULO: Cultura Organizacional e o Comprometimento dos Trabalhadores em uma Empresa Pública
PALAVRAS-CHAVES: Psicologia Organizacional; Cultura Organizacional, Comprometimento Organizacional, Empresa Pública.
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Na Psicologia a cultura organizacional pode ser considerada como uma variável - algo que a organização tem ou uma metáfora - algo que a organização é. No presente estudo foi considerado a cultura como uma variável utilizando o modelo de Schein, que propõe analisar o funcionamento da dinâmica de forças culturais em nível mais profundo do que a realidade manifesta. Também foi estudado o comprometimento, sendo este um vínculo existente entre empregados e empresa influenciando no desempenho, produtividade e qualidade de vida dos trabalhadores. Adotou-se nessa pesquisa o modelo de comprometimento organizacional desenvolvido por Meyer e Allen que propõe uma distinção entre comprometimento afetivo, normativo e instrumental. Com o objetivo de conhecer a possível influência da cultura organizacional no comprometimento no trabalho em uma organização pública situada no estado do Piauí, buscou-se identificar os elementos desta cultura e compreender seus desdobramentos nos componentes do comprometimento dos funcionários considerando seu modelo de gestão com o intuito de responder ao questionamento: Quais os elementos da cultura organizacional existentes na presente instituição e como estes interferem na estruturação do comprometimento dos funcionários? Trata-se de uma pesquisa social exploratória-descritiva, que utilizou abordagens quantitativa e qualitativa implicando triangulação metodológica. Os critérios de inclusão para participar da pesquisa foram: residir em Teresina ou Parnaíba, trabalhar na empresa há pelo menos seis meses, estar ativo na filial. Dos 271 empregados, 95 responderam ao questionário e 15 responderam à entrevista semiestruturada. Ambos os instrumentos foram elaborados pelas autoras de acordo com a teoria que embasa a presente pesquisa. O questionário foi analisado por meio do software SPSS. E a entrevista foi analisada por meio do software IRAMUTEQ. Os resultados obtidos apontam para a existência de um modelo de gestão burocrático e também gerencial que influencia na organização da empresa e das relações apresentando característica de uma cultura marcada pelo apego à normas e regras, hierarquia, relações competitivas, e com valorização do trabalho realizado como importante para a sociedade, o que traz como consequências um vínculo marcado pelo comprometimento normativo e afetivo. Também foi possível perceber que características geracionais podem interferir na vinculação dos empregados.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2441003 - RAQUEL PEREIRA BELO
Externo ao Programa - 1756788 - SAMUEL PIRES MELO
Interno - 1867530 - SANDRA ELISA DE ASSIS FREIRE
Notícia cadastrada em: 16/08/2019 16:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 23:27