Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JEFFERSON LUIZ DE CERQUEIRA CASTRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JEFFERSON LUIZ DE CERQUEIRA CASTRO
DATA: 21/11/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Psiqued
TÍTULO: Envelhecer nas Ilhas Canárias – MA e sua Qualidade de Vida na Velhice: Um Estudo sob o Enfoque da Teoria das Representações Sociais
PALAVRAS-CHAVES: Envelhecimento; Idosos; Qualidade de Vida; Representações Sociais; Ribeirinhos.
PÁGINAS: 165
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Esta dissertação teve como objetivo geral analisar as Representações Sociais do envelhecimento e
da qualidade de vida na velhice entre idosos ribeirinhos das Ilhas Canárias – MA. Como objetivos
específicos: (a) apreender as representações sociais do envelhecimento entre idosos do lócus de
investigação; (b) identificar as representações sociais da qualidade de vida na velhice para idosos
no contexto pesquisado; (c) comparar a estrutura das representações do envelhecimento e da
qualidade de vida na velhice evocada pelos participantes; e, ainda, (d) investigar as representações
do envelhecimento e da qualidade de vida para um grupo focal de idosos ribeirinhos. Para atender
aos objetivos, foram realizados dois estudos empíricos (objetivos a e b, respectivamente), sendo
que os outros dois estudos se encontram em construção. De maneira geral, os dois primeiros estudos
evidenciaram representações sociais heterogêneas tanto do envelhecimento quanto da qualidade de
vida (QV) na velhice, o que reitera com a literatura. Todavia, em face a realidade ribeirinha
observou-se algumas singularidades, como o destaque para a relação entre o envelhecimento e a
funcionalidade, e em como esta implica na vivência do processo de envelhecimento. Além do mais,
evidenciou-se a relação entre a QV e funcionalidade, sendo um importante determinante de
satisfação com a vida para os idosos, assim como a percepção do estado saúde, de modo que ambas
possuem implicações nos estados psicoemocionais dos idosos, contribuindo em dimensões
valorativas da QV (positivas ou negativas), e refletindo no bem-estar subjetivo desses idosos.
Espera-se que as evidências encontradas possam subsidiar a reflexão sobre políticas de atenção à
população idosa voltadas especificamente para o contexto ribeirinho, ao se considerar suas
particularidades e necessidades, primando por uma vivência plena do processo de envelhecimento
e uma maior QV de velhice para esses idosos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2730053 - EMERSON DIÓGENES DE MEDEIROS
Externo à Instituição - JANARI DA SILVA PEDROSO - UFPA
Presidente - 1551072 - LUDGLEYDSON FERNANDES DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 13/11/2019 09:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 01:24