Notícias

Banca de DEFESA: THAMYRIS TABOSA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAMYRIS TABOSA DE SOUSA
DATA: 30/06/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Representações Sociais da Qualidade de Vida entre pessoas vivendo com HIV
PALAVRAS-CHAVES: HIV; Aids; Qualidade de Vida; Representações Sociais
PÁGINAS: 133
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O HIV e a aids são epidemias atualmente controladas que receberam muitos investimentos ao longo da história, alcançando inclusive o caráter crônico. As pessoas vivendo com HIV (PVHIV) com boa adesão ao tratamento podem conviver melhor com a doença e com isso, melhorar a qualidade de vida. Por isso, estratégias para reforçar a adesão ao tratamento através grupos de apoio tem sido utilizadas. Contudo, a doença ainda impacta negativamente em aspectos psicossociais das PVHIV, o que pode influenciar na percepção que estas possuem sobre a Qualidade de vida (QV). Objetivo: Apreender e comparar as representações sociais sobre HIV, aids e qualidade de vida entre as PVHIV que participam do Grupo de Adesão (ao tratamento) e que não participam. Método: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, com corte transversal, amostra não probabilística e por conveniência. Submetida e aceita em Comitê de Ética e Pesquisa, contou com 22 pessoas adultas vivendo com HIV, de ambos os sexos, divididas em dois grupos: participantes do Grupo Adesão (41%) e não participantes do grupo (59%), as quais responderam aos seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, entrevista semiestruturada e Técnica de Associação Livre de Palavras (TALP). Que foram analisados respectivamente através de estatística descritiva; Classificação Hierárquica Descendente (CHD) por meio do software Iramuteq; e análise de Redes Semânticas. Resultados: os resultados do Estudo 01 evidenciam que as representações sobre o HIV estão associadas à mudanças e adaptações, ao sigilo da condição sorológica, ao impacto da estigmatização social e uso de enfrentamentos positivos e negativos. As representações da aids estão associadas à vulnerabilidade e necessidade de tratamento. A diferença nas representações dos participantes e não participantes do grupo adesão foi principalmente o enfrentamento positivo do primeiro grupo em relação ao segundo. O Estudo 2 demonstra representações sociais da QV positivas, relacionada diretamente ao tratamento e seus efeitos e semelhantes entre os dois grupos estudados.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1859186 - FAUSTON NEGREIROS
Presidente - 1551072 - LUDGLEYDSON FERNANDES DE ARAUJO
Externo à Instituição - MARÍA REINA GRANADOS DE HARO - Granada
Notícia cadastrada em: 29/06/2021 14:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 28/09/2022 07:12