Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCA PEREIRA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA PEREIRA DOS SANTOS
DATA: 04/11/2021
HORA: 18:30
LOCAL: Google meet (remoto)
TÍTULO: SAÚDE DE ESTUDANTES ADOLESCENTES DA REDE PÚBLICA DO PIAUÍ: UM OLHAR DA PSICOLOGIA ESCOLAR CRÍTICA
PALAVRAS-CHAVES: Psicologia Escolar Crítica; Saúde do Estudante; Adolescente; Escolas Públicas.
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

O presente estudo tem como tema a saúde de estudantes adolescentes a partir de
um olhar da Psicologia Escolar Crítica, buscando romper com concepções
naturalizantes sobre essa fase do desenvolvimento e abordando a adolescência
através de sua constituição social e histórica. Nesse sentido, possui como objetivo
geral analisar os aspectos da saúde do estudante adolescente na perspectiva da
Psicologia Escolar Crítica a partir de registros documentais nas escolas da rede
pública do Piauí. Os objetivos específicos, referem-se à: realizar revisão
sistemática acerca da saúde do estudante adolescente brasileiro na escola;
identificar a incidência de doenças em estudantes adolescentes por territórios de
desenvolvimentos e Gerências Regionais de Educação do Piauí; e sistematizar os
tipos de diferenças funcionais entre os estudantes adolescentes da rede pública de
ensino do estado do Piauí. A pesquisa foi aprovada no Comitê de Ética em
Pesquisa - CEP da Universidade Federal do Piauí, conforme número do parecer:
4.138.877. Trata-se de uma pesquisa documental sobre a saúde dos estudantes
adolescentes em escolas da rede pública do Piauí através do uso de registros
documentais, disponíveis no banco de dados da Unidade de Gestão e Inspeção
Escolar/UGIE da Secretaria do Estado de Educação/SEDUC. Utilizou-se o
programa Statistical Package for the Social Sciences – SPSS, em sua versão 21,
com o objetivo de calcular a frequência e a porcentagem de acordo com os
objetivos e territórios dos participantes. O estudo 1 possibilitou compreender como
a saúde do estudante adolescente vem sendo abordada no contexto brasileiro,
principalmente após a implementação de políticas públicas voltadas para a atenção
e o cuidado com a saúde do estudante adolescente. No entanto, algumas pesquisas
apontam para a escassez de políticas públicas intersetoriais que reflitam nas
necessidades de cuidados com a saúde nesse grupo etário, principalmente
envolvendo ações educativas de prevenção na escola. O estudo 2, apontou para os
resultados das doenças com maior registro nos documentos, sendo: catapora,
dengue, caxumba, influenza e meningite. Dentre as alergias e intolerâncias
apontadas estão: medicamentos (dipirona e ibuprofeno) e alimentos (frutos do mar
e lactose). Conclui sobre a importância da inserção da(o) psicóloga(o) escolar nas
políticas públicas de saúde de modo a desempenhar um importante papel com foco
na atenção, promoção e prevenção de saúde. Já o estudo 3, constatou através dos
dados documentais, o perfil de diferenças funcionais dos estudantes, onde as
principais demandas estão relacionadas a visão (baixa acuidade e deficiência
visual), problemas de coluna, gagueira e Síndrome de Down. Dessa forma,
acredita-se que os resultados advindos desse estudo podem contribuir para o
desenvolvimento de políticas públicas voltadas para as pessoas com diferenças funcionais que procurem não só o oferecimento de ferramentas e funcionalidade, mas que busque a inclusão e acessibilidade desse público, considerando todo seu contexto e aspectos psicossociais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1398721 - ANA RAQUEL DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - BRENO DE OLIVEIRA FERREIRA - UFAM
Presidente - 1859186 - FAUSTON NEGREIROS
Notícia cadastrada em: 27/10/2021 14:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 00:35