Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TATIANE MENESES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TATIANE MENESES DA SILVA
DATA: 23/11/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Google meet (remoto)
TÍTULO: Os digitais influencer’s da direita brasileira: uma análise psicopolítica
PALAVRAS-CHAVES: Direita; Digitais Influencer’s; You Tube; Psicologia Política
PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Uma onda conservadora se instaura e vem se consolidando no cenário mundial. Nos EUA, Donald Trump foi eleito em 2016 com a maioria dos votos. Na Europa, precisamente na Espanha, há o fortalecimento do Partido Vox, considerado de extrema direita, já na Hungria, Vicktor Órban consolida seu plano autoritário governando o país, sem o parlamento, em meio à crise pandêmica do COVID-19, em 2020. No cenário Latino Americano, especificamente no Chile, em 2018, Sebastián Piñera é eleito e na Bolívia, Jeanine Áñez se autoproclamou presidenta da Bolívia, devido ao golpe de estado dado em Evo Morales. No Brasil, houve a eleição de Jair Messias Bolsonaro em 2017, devido a uma aliança extensa com diversos grupos empresariais, a grande mídia e setores da burguesia local insatisfeitos com a cena política e econômica do país. Esse é o cenário no qual a direita vem se consolidando. A partir disso, propomos analisar as ações dos influencer’s digitais da direita brasileira, a partir dos conteúdos disseminados no You Tube, e sua relação com os aparelhos privados de hegemonia para a conformação do campo político-ideológico da direita no Brasil. Como objetivos específicos: a) identificar os principais influencer’s digitais da direita brasileira, operando no You Tube, e seus modos de atuação na divulgação e produção de conteúdos nas redes sociais, b) localizar as principais linhas ideológicas seguidas e núcleos temáticos disseminados pelos influencer’s digitais da direita no Brasil e c) analisar as relações entre os aparelhos privados de hegemonia e o surgimento e consolidação dos digitais influencer’s da direita brasileira no You Tube. Trata-se de um estudo de natureza mista, com uma integração de metodologias quantitativas e qualitativas, tendo a análise de discurso como centralidade, configurando, portanto, um estudo que articula métodos de investigação de diferentes saberes interdisciplinares. Menciona-se que os operadores analíticos utilizados no estudo partem da lavra da teoria de Antônio Gramsci, com base nos conceitos de hegemonia, ideologia e intelectual orgânico, além de aparelho privado de hegemonia, conceito desdobrado nos trabalhos das historiadoras Virgínia Fontes (2010) e Sônia Regina de Mendonça (2014), e do cientista político Álvaro Bianchi (2008). Quanto ao corpus da pesquisa, nos debruçamos sobre os principais digitais influencer’s da direita no Brasil, precisamente os 4 mais influentes no You Tube. Tratando-se dos resultados preliminares foram identificadas 6 categorias analíticas: 1) capitalismo/libertarianismo; 2) impeachment/eleições; 3) democracia; 4) corrupção; 5) anticomunismo/antipetismo e 6) conservadorismo. Ademais, constatou-se que os digitais influencer’s tem uma relação direta com os aparelhos privados de hegemonia principalmente tratando-se do campo formativo, ou seja, todas as pautas levantadas nas categorias apresentadas são pautas de discussão e disseminação por instituições formativas, denotando assim a busca constante pela manutenção da hegemonia desses grupos. Percebe-se também, tais digitais influencer’s enquanto espécies de intelectuais orgânicos do campo da direita, que apesar de heterogêneos, estão em constante fase de novos rearranjos e articulações na disputa por hegemonia no campo político brasileiro. Por fim, urge que os estudos acerca do campo da direita no Brasil alinhada com ideias e ações extremistas sejam continuados considerando que o desenvolvimento de pesquisas futuras é essencial para traçar estratégias de combate aos autoritarismos e a disputa por hegemonia na cena política brasileira contemporânea.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FREDERICO ALVES COSTA - UFAL
Presidente - 1774313 - JOAO PAULO SALES MACEDO
Interno - 2140896 - LANA VERAS DE CARVALHO
Notícia cadastrada em: 16/11/2021 12:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 26/09/2022 00:08