Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA LIMA DE ARAUJO
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA LIMA DE ARAUJO
DATA: 09/12/2022
HORA: 10:00
LOCAL: http://meet.google.com/rdt-qbbm-wsq
TÍTULO: RASTREIO DO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO E SUAS LESÕES PRECURSORAS EM MUNICÍPIO DO PIAUÍ
PALAVRAS-CHAVES: eeee
PÁGINAS: 62
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

INTRODUÇÃO: o câncer do colo do útero continua sendo uma das causas mais comuns de
morte de mulheres, ocupando a quarta posição dentre os cânceres que mais afetam o sexo feminino em
todo o mundo com destaque para países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. OBJETIVOS: este
trabalho buscou apresentar a cobertura de exames papanicolaou na população alvo; identificar a faixa
etária de realização do exame citológico; enunciar a periodicidade de realização do exame
citopatológico; investigar a qualidade da coleta do exame citopatológico por meio da proporção de
amostras insatisfatórias, representação do epitélio da zona de transformação, índice de positividade e
tempo de liberação do resultado dos exames; apresentar os resultados alterados. METODOLOGIA:
trata-se de uma abordagem descritiva retrospectiva de natureza quantitativa. Foi desenvolvido no
município de Floriano-PI, sendo selecionados todos os exames citopatológicos do colo do útero de
mulheres residentes, realizados pelo SUS no período de 2017 a 2021. Os dados foram coletados da base
de dados do DATASUS/SISCAN e posteriormente, tabulados e analisados. A pesquisa não foi
submetida para apreciação do CEP/UFPI por se tratar de um estudo que utilizou dados secundários de
acesso público sem possibilidade de identificação individual (BRASIL, 2016). RESULTADOS: a taxa
geral de cobertura foi de 21,4%; 76,3% dos exames estavam dentro da faixa etária de 25 a 64 anos; 7,9%seguiram periodicidade trienal, 25,9% bienal e 61,5% periodicidade igual ou menor a um ano; a taxa de amostras insatisfatórias variou de 0,0% a 1,8%; 56,04% dos exames não tinham a representatividade da zona de transformação; o índice de positividade variou de 0,80% a 2,1%; proporção de ASC/examesalterados foi encontrado apenas do ano de 2019 com 21,74%; percentual de HSIL/exames satisfatórios foi encontrado apenas no anos de 2018 com 0,2% e 0,1% em 2019; a proporção de exames liberados em até trinta dias apresentou menor taxa em 2017 com 16,9% e maior taxa em 2020 com 86,7%.CONCLUSÃO: por meio deste estudo, foi observado que, o contingente de mulheres alvo para o rastreiodo câncer do colo do útero não está sendo contemplado, apresentando taxa muito baixa de cobertura;excesso de exames com uma periodicidade igual ou menor que 1 ano do teste índice; houve também um percentual significativo de mulheres abaixo de 25 anos submetidas ao exame; alta taxa de amostras sem a representatividade da zona de transformação; detecção de HSIL e IP muito aquém do desejado, e atraso na entrega do laudo. O estudo mostrou a necessidade de sensibilização de gestores e profissionais da APS no fortalecimento e implementação das Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero, qualificação dos profissionais da APS envolvidos na coleta do exame e laboratórios,


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423584 - IONE MARIA RIBEIRO SOARES LOPES
Externo à Instituição - JAILSON COSTA LIMA - UESPI
Interno - 6654838 - JOSE MIGUEL LUZ PARENTE
Presidente - 1552078 - MARTA ALVES ROSAL

Cadastrada em: 30/11/2022
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 01/08/2022 - 02/08/2022 · Matrícula para o período 2022.2.
  • 08/08/2022 · Início do período letivo 2022.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 02/12/2022 04:28