Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GISLANE DA CONCEICAO LIMA CAMELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GISLANE DA CONCEICAO LIMA CAMELO
DATA: 12/08/2015
HORA: 08:30
LOCAL: SALA 459 DO PPGCOM - CCE/UFPI
TÍTULO:

REGIONALIZAÇÃO DA TV CIDADE VERDE: um olhar sobre os programas especiais


PALAVRAS-CHAVES:

Comunicação. Piauí. Programas especiais. Regionalização. Televisão.


PÁGINAS: 74
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Teoria da Comunicação
RESUMO:

Este trabalho está concentrado no debate sobre a regionalização da mídia, na qual pretende analisar o processo de regionalização da TV Cidade Verde, tendo por base os programas especiais veiculados pela emissora, compreendendo-os como estratégia de regionalização midiática. A TV Cidade Verde situa-se na cidade de Teresina, capital do Estado do Piauí, afiliada ao SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) e produz programas especiais que trazem temas sobre as potencialidades do Estado em datas simbólicas para a população, a exemplo do dia do Aniversário da capital Teresina e do próprio Estado, assim como, no período do Carnaval. Com a globalização da comunicação, abrem-se novos locais de interação que já não estão mais ligados ao espaço físico comum, modificando-o por meio da introdução de objetos técnicos às relações humanas. Ocorre assim, o intercâmbio de conteúdos simbólicos das mais variadas regiões, que contribui na construção de hibridismos sociais, ao qual Castells (1999) vai designar de sociedade em rede. Um redimensionamento no contexto de ações globais passa a existir: a tendência pelo local e regional. Em decorrência disso, cria-se a necessidade de aproximação dos indivíduos com sua própria realidade. O paradoxo dualístico de aspectos globais e regionais no contexto da comunicação faz a mídia regional se fortalecer, pois o interesse por assuntos de proximidade e pertencimento ganha volume. Este debate tem por objetivo apresentar conceitos que problematizem as questões relacionadas a globalização e a regionalização da mídia, tendo como pressuposto o entendimento de que há uma conexão entre eles possibilitando uma leitura crítica da mídia. A problemática desse estudo está em compreender como os programas especiais veiculados pela TV Cidade Verde se inserem no processo de regionalização idealizado pela emissora. A pesquisa traz as reflexões de autores como:  Peruzzo (2005), Lima (2010), Bazi (2001), Ortiz (1999), entre outros. Trata-se de uma pesquisa quanti-qualitativa de cunho exploratório/descritivo que tem como método a análise de conteúdo categorial, segundo Bardin (1987). Além de entrevistas em profundidade com profissionais que atuam na empresa e ocupam cargos ligados diretamente às ações em prol da regionalização do grupo


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALISSON DIAS GOMES - FSA
Interno - 1354316 - ANA REGINA BARROS REGO LEAL
Interno - 1167703 - PAULO FERNANDO DE CARVALHO LOPES
Presidente - 1457025 - SAMANTHA VIANA CASTELO BRANCO ROCHA CARVALHO
Notícia cadastrada em: 31/07/2015 18:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 06/07/2022 23:22