Notícias

Banca de DEFESA: APARECIDA DO ESPIRITO SANTO DE HOLANDA ROCHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: APARECIDA DO ESPIRITO SANTO DE HOLANDA ROCHA
DATA: 10/02/2023
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DO PPGSC
TÍTULO: GRAVIDADE DE COVID-19 E SUA RELAÇÃO COM DIABETES MELLITUS EM PACIENTES HOSPITALIZADOS NO PIAUÍ: UM ESTUDO DE CASO-CONTROLE – PIAUÍ, 2020-2021
PALAVRAS-CHAVES: Coronavírus. Diabetes Mellitus. Gravidade do paciente. Hospitalização. Estudo de casos e controles.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

Introdução: A forma grave da covid-19 está associada a vários fatores, tendo o diabetes mellitus papel importante nessa condição. Objetivo: Analisar o efeito do diabetes mellitus na gravidade por covid-19 em pacientes hospitalizados no estado do Piauí. Métodos: Estudo caso-controle realizado a partir de dados secundários disponibilizados pela plataforma Opendatasus. O estudo abordou dados referentes ao Piauí. Os casos foram todos os pacientes hospitalizados com covid-19 grave (presença de saturação de oxigênio <95% em ar ambiente) e crítico (necessidade de suporte ventilatório, invasivo ou não invasivo) e os controles, todos os pacientes hospitalizados com covid-19 não grave (foram excluídos aqueles com quadros grave e crítico). O desfecho considerado foi a gravidade por covid-19. As variáveis independentes foram agrupadas em: sociodemográficas (sexo, idade e raça/cor) e clínicas (febre, tosse, dispneia, e as comorbidades diabetes mellitus, doença cardiovascular crônica). Os dados foram obtidos do banco de dados sobre Síndrome Respiratória Aguda Grave, referentes ao período de março de 2020 a junho de 2021, período correspondente as duas primeiras ondas da covid-19. Os critérios de inclusão foram dados de adultos ou idosos, casos confirmados de covid-19. Foram excluídas notificações de pacientes residentes em outros estados, pacientes grávidas, dados mal preenchidos (incompletude > 30%) e duplicados. Para organização e análise foi utilizado o software Stata versão 14.0 (StataCorp LP, College Station, EUA). Foram empregadas análises descritivas, bivariada e ajustada através de regressão logística multivariada. A medida de associação foi expressa em odds ratio (OR) com Intervalo de Confiança de 95% (IC95%). A submissão do projeto ao comitê de ética em pesquisa ficou dispensada por se tratar de estudo com dados secundários anônimos. Resultados: A maioria dos pacientes era do sexo masculino (60,1%), com faixas etárias avançadas (idoso) (52,5%), cor/raça parda prevalente (76,2%), apresentava febre (76,5%), tosse (84,8%) e dispneia (85,9%). O diabetes e doença cardiovascular estiveram presentes em 25% e 81,5% dos pacientes respectivamente. Houve maioria com saturação de O2 < 90% no ar ambiente (80,6%) e uso de suporte ventilatório (78,2%). O grupo com covid-19 grave era idoso (55,4% vs 39,2; p < 0,0001), com maior ocorrência de dispneia (91,3% vs 55,9%; p < 0,0001), e ocorrência de diabetes (26,8% vs 17,2%; p < 0,0001) e doença cardiovascular (82,1% vs 77,6%; p < 0,0001). O diabetes foi associado a covid-19 grave na análise bivariada e permaneceu associada na ajustada (OR: 1,2; IC95%: 1,0-1,7), além dessa a idade avançada (OR: 3,3; IC95%: 1,8-5,9), a raça/cor preta (OR: 1,5; IC95%: 1,0-2,2) e a dispneia (OR: 11,4; IC95%: 9,6-13,5). Conclusão: A presença do diabetes mellitus eleva a chance para a gravidade por covid-19, independente das variáveis inseridas no modelo. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1552848 - ANA ROBERTA VILAROUCA DA SILVA
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Interno - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS
Externo à Instituição - RAQUEL SAMPAIO FLORENCIO - UECE
Externo ao Programa - 1082694 - RUMAO BATISTA NUNES DE CARVALHO
Notícia cadastrada em: 21/01/2023 10:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/07/2024 17:55