Notícias

Banca de DEFESA: DÉBORAH ÉLLEN DE MATOS RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DÉBORAH ÉLLEN DE MATOS RIBEIRO
DATA: 10/10/2023
HORA: 08:30
LOCAL: SALA DO PPGSC
TÍTULO: PRÁTICA DOCENTE E SAÚDE DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS: REFLEXÕES EM TEMPOS DE PANDEMIA DE COVID-19
PALAVRAS-CHAVES: Saúde Coletiva. Covid-19. Trabalho. Docente. Ensino fundamental.
PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
SUBÁREA: Saúde Pública
RESUMO:

Introdução: O cenário brasileiro descortinado pela crise pandêmica da covid-19 resultou em desafios, entre outros contextos, na educação, na curtura, na arte, na economia e nas mais diversas áreas devido à necessidade de isolamento social e reinvenções de práticas para lidar com um inimigo invisível, um vírus. Assim, nos leva a refletir as nuances da educação pública e como se colocam os profissionais docentes a partirdas mudanças às quais foram submetidos, cabendo discussão sobre sua saúde física e emocional. Esta pesquisa tem como questão principal: Quais estratégias da prática docente no contexto de pandemia da covid-19 refletem na saúde dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental de escolas públicas? Objetivo: Analisar as estratégias da prática docente no contexto de pandemia da covid-19 refletem na saúde dos professores dos anos iniciais do ensino fundamental de escolas públicas de São Raimundo Nonato – PI. Métodos: Este estudo utiliza abordagem qualiquantitativa e como base teórica a pesquisa adota Afanasiev (1968) que considera como método de conhecimento da realidade o Materialismo Histórico Dialético e princípios da pesquisa colaborativa. A realização do estudo se utiliza da aplicação de Escala Likert virtualmente e de encontros colaborativos realizados e gravados virtualmente via plataforma Google Meet. Para análise dos resultados quantitativos foi utilizado o modelo de análise fatorial, com uso do software SPSS. E para organização dos dados qualitativos foi usado como referencial a análise de conteúdo de Bardin (1977) e o software Iramuteq como ferramenta para síntese das informações coletadas. Resultados: Os testes estatísticos aplicados demonstraram que o estudo tem confiabilidade e significância, ademais, a análise fatorial apresentou resultados com quatro constructos extraídos, com destaque aos aspectos relacionados à infraestrutura e suporte oferecidos pelas escolas, que pode estar relacionado à sensação de conforto diante as adaptações da prática docente. Em relação às questões norteadoras do estudo, foi possível demonstrar que as estratégias desenvolvidas pelos professores em sua prática docente, no contexto de pandemia da covid-19, tiveram e tem reflexos sobre sua saúde, além da pesquisa-formação ter proporcionado espaço colaborativo de reflexão crítica, compartilhamento de experiências e reelaboração de práticas conforme as necessidades formativas evidenciadas. Conclusão: A saúde do professor, antes mesmo da situação pandêmica, já era negligenciada e palco para adoecimentos diversos. Com as configurações e adaptações que se fizeram necessárias nos últimos anos foram evidenciadas e intensificadas as fragilidades as quais esse público é exposto. Contudo, é importante ressaltar também as potencialidades evidenciadas pelos docentes, tais como possibilidades de recursos pedagógicos na prática docente e também de autocuidado. Os dados indicam que o suporte dado pelas escolas aos professores, está diretamente relacionado à percepção de conforto do docente diante das adaptações ocorridas na pandemia da covid-19. Destarte, é indispensável considerar o contexto social, histórico, cultural e político, para fornecer subsídios que respondam às necessidades formativas dos professores e que possibilitem o desenvolvimento da prática docente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2655082 - HILDA MARIA MARTINS BANDEIRA
Interno - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS
Interno - 1864470 - OSMAR DE OLIVEIRA CARDOSO
Externo ao Programa - 1715347 - WIRLA RISANY LIMA CARVALHO
Externo à Instituição - NADJA CAROLINA DE SOUSA PINHEIRO - UESPI
Notícia cadastrada em: 03/10/2023 08:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/03/2024 08:41