Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CLAUDIA CARVALHO MOURA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CLAUDIA CARVALHO MOURA
DATA: 17/06/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Departamento de Nutrição
TÍTULO: O MERCADO PÚBLICO DE TERESINA: A LÓGICA DAS ESCOLHAS ALIMENTARES E SEUS DETERMINANTES NO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR
PALAVRAS-CHAVES: Alimentação coletiva; Hábito alimentar; Restaurantes;
PÁGINAS: 73
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

INTRODUÇÃO: Os mercados públicos são ambientes culturais ainda pouco explorados no que diz respeito à culinária, às preparações servidas e às práticas alimentares dos comensais que os frequentam. Nesse contexto, o estudo dos determinantes da escolha alimentar permite maior conhecimento a respeito dos principais fatores que direcionam o consumo alimentar em tais locais. OBJETIVO: Analisar os determinantes associados à escolha alimentar por parte dos indivíduos que frequentam os restaurantes do mercado público. METODOLOGIA: Pesquisa de natureza transversal, constituída por 198 adultos, de ambos os sexos, maiores de 19 anos de idade e comensal habitual no mercado. As variáveis investigadas foram: sexo, idade, etnia, estado civil, escolaridade, renda familiar, profissão e procedência. As informações de saúde levantadas foram o diagnóstico de doenças crônicas não transmissíveis, atividade física, ingestão de bebidas alcóolicas, uso do tabaco e autopercepção de saúde. Os determinantes da escolha alimentar foram avaliados pelo Food Choice Questionnaire com ênfase no alimento e no individuo. RESULTADOS: A maioria dos participantes era do sexo masculino, com idade entre 30 e 39 anos, pardos, casados, com ensino superior completo, renda mensal menor que dois salários mínimos, residentes em Teresina. A maioria não apresentava doenças, fazia atividade física, não fumava, avaliou a sua saúde como boa, frequentava o mercado raramente e fazia refeições no mesmo restaurante, com companhia. O almoço era a principal refeição realizada e a panelada a preparação mais servida. O sabor dos alimentos foi o atributo mais valorizado. O preço, a qualidade das preparações, os aspectos higiênicos e os restaurantes foram avaliados como bons. Quanto aos determinantes da escolha alimentar, o apelo sensorial, o preço e a saúde foram considerados os mais importantes. CONCLUSÃO: Os mercados públicos são espaços dotados de simbolismo e replicadores da cultura local, fornecem à população produtos e pratos típicos da região de valoração pelos comensais. Além disso, são favorecedores da socialização e comensalidade entre os usuários do serviço de alimentação, que dentre diversos atributos são atraídos principalmente pelo sabor das preparações servidas, pela praticidade em encontrar o alimento pronto para o consumo e pelo baixo custo das refeições.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167579 - CECILIA MARIA RESENDE GONCALVES DE CARVALHO
Externo ao Programa - 2174595 - LILA CRISTINA XAVIER LUZ
Interno - 423298 - MARIZE MELO DOS SANTOS
Externo ao Programa - 3342622 - SUZANA MARIA REBELO SAMPAIO DA PAZ
Notícia cadastrada em: 17/06/2019 10:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 04/06/2020 00:04