Últimas Notícias
Banca de DEFESA: SARAH DE MELO ROCHA CABRAL
Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SARAH DE MELO ROCHA CABRAL
DATA: 17/06/2021
HORA: 08:30
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO: Consumo alimentar de micronutrientes e transtornos mentais comuns em adolescentes escolares brasileiros.
PALAVRAS-CHAVES: Adolescente; Depressão; Ansiedade; Micronutrientes.
PÁGINAS: 188
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

CABRAL, S.M.R. Consumo alimentar de micronutrientes e transtornos mentais comuns em adolescentes escolares brasileiros. Tese (Doutorado em Alimentos e Nutrição), Universidade Federal do Piauí- UFPI, Teresina-PI, Brasil,2021.

Os transtornos mentais comuns caracterizam estados de ansiedade e depressão. Entre adolescentes, afetam o trabalho e a frequência escolar. Evidências sugerem que deficiências de micronutrientes estão associadas ao aumento da vulnerabilidade aos transtornos mentais. Objetivou-se estimar a associação do consumo alimentar de zinco, vitaminas B12, A, C e E com transtornos mentais comuns em adolescentes brasileiros que participaram do Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes. A amostra correspondeu a 71.191 estudantes que responderam o recordatório alimentar de 24 horas e o questionário que abordou aspectos sociodemográficos e de saúde mental. O teste qui-quadrado de Pearson foi utilizado para avaliar a existência de associação entre as variáveis do estudo, e o Odds ratio,

com intervalo de confiança de 95%, para medir a força de associação entre elas. Realizou-se análise de regressão logística entre as variáveis transtornos mentais comuns e consumo insuficiente de zinco, vitaminas B12, A, C e E, ajustando-se pelas variáveis sociodemográficas: sexo, tipo de escola e faixa etária. O nível de significância adotado foi de 5%. Foram observadas elevadas prevalências de transtornos mentais comuns, sendo associados significativamente com sexo e faixa etária; e

altas prevalências de consumo insuficiente dos micronutrientes estudados, os quais foram significativamente associadas com o sexo, exceto o consumo de vitamina C. A inadequação de consumo de vitaminas A, C e B12 associou-se com o tipo de escola enquanto que o consumo insuficiente de vitaminas E e B12 associou-se com a faixa

etária. Em níveis agrupados, foram constatadas associações do consumo insuficiente de vitamina A, B12 e zinco com transtornos mentais. Observou-se que o sexo feminino, idade entre 14 e 17 anos, o consumo insuficiente de vitamina A e de zinco foram as variáveis que influenciaram a variável de transtornos mentais. Indivíduos com consumo insuficiente de zinco tiveram maiores chances de apresentarem depressão e ansiedade, enquanto aqueles com consumo insuficiente de vitamina A apresentaram menores chances. Portanto, verificou-se que o sexo feminino, idade entre 14 e 17 anos e o consumo inadequado de alimentos fontes de zinco influenciaram positivamente a presença de depressão e ansiedade em adolescentes.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 041.631.633-60 - ANA RAQUEL SOARES DE OLIVEIRA - UFPI
Interno - 423582 - BETANIA DE JESUS E SILVA DE ALMENDRA FREITAS
Interno - 1167579 - CECILIA MARIA RESENDE GONCALVES DE CARVALHO
Externo ao Programa - 1859186 - FAUSTON NEGREIROS
Externo ao Programa - 423621 - LUCIA CRISTINA DOS SANTOS ROSA
Presidente - 423298 - MARIZE MELO DOS SANTOS
Externo ao Programa - 474.194.153-15 - SUZANA MARIA REBELO SAMPAIO DA PAZ - USP

Cadastrada em: 14/06/2021
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 10/03/2021 - 17/03/2021 · Matrícula para o período 2021.1.
  • 15/03/2021 · Início do período letivo 2021.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/06/2021 18:44