Notícias

Banca de DEFESA: MARA CRISTINA CARVALHO BATISTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARA CRISTINA CARVALHO BATISTA
DATA: 30/08/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Nutrição
TÍTULO: EFEITO DO ISOTÔNICO À BASE DE CAJUÍNA NO DESEMPENHO E EM PARÂMETROS HIDROELETROLÍTICOS E HEMODINÂMICOS DE CORREDORES
PALAVRAS-CHAVES: Hidratação. Repositores hidroeletrolíticos. Desempenho físico.
PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

BATISTA, M. C. C. Efeito do isotônico à base de cajuína no desempenho e em
parâmetros hidroeletrolíticos e hemodinâmicos de corredores. 2019. Dissertação
(Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição, Universidade
Federal do Piauí, Teresina-PI.
INTRODUÇÃO: O estado de hidratação adequado tem papel fundamental na
manutenção das funções fisiológicas exigidas pelo exercício físico. Diferentes
estratégias de hidratação têm sido utilizadas para minimizar as limitações associadas
a desidratação como a utilização de repositores hidroeletrolíticos. OBJETIVO: Avaliar
o efeito de isotônico à base de cajuína no desempenho e em parâmetros
hidroeletrolíticos e hemodinâmicos em corredores amadores. METODOLOGIA:
Ensaio clínico, randomizado, com delineamento crossover, envolvendo corredores
amadores na faixa etária entre 18 e 40 anos de idade que foram submetidos a um
protocolo composto de cinco estágios: 1) teste incremental em uma esteira
ergométrica para determinar o consumo de oxigênio e adotar o valor para a carga
usada nas demais etapas; 2) protocolo controle sem hidratação (PC); 3) protocolo
experimental (PE) que consistia em três estágios distintos onde em cada estágio o
voluntário fazia a ingestão de uma bebida diferente (Isotônico à base de cajuína,
Gatorade® e água), de modo que todos consumiram as três bebidas. Os voluntários
foram submetidos a um teste de exaustão em esteira a 70% do VO2PICO e 60 minutos
de recuperação em repouso. A hidratação ocorreu antes, com ingestão prévia de 500
mL de água 2 horas antes do início do teste e durante, a cada 15 minutos, começando
a contar a partir do 15º minuto de exercício até a conclusão, sendo a quantidade
ingerida proporcional à massa corporal perdida no protocolo controle. Todos os
estágios foram divididos em dois momentos, momento um (M1) e momento dois (M2),
que correspondiam ao pré e pós teste físico, respectivamente. Nos momentos pré e
pós do PE, os voluntários foram submetidos a avaliações: antropométricas (peso e
estatura); composição corporal; sanguíneas (osmolalidade plasmática e quantificação
de eletrólitos) e urinárias (osmolalidade, quantificação de eletrólitos e gravidade
específica da urina – GEU). Também foram avaliados: consumo alimentar; taxa de
sudorese; parâmetros hemodinâmicos (Pressão arterial sistólica e diastólica e
frequência cardíaca); psicometria (Profile of Mood States - POMS); percepção
subjetiva de esforço – PSE e desempenho físico. Os dados foram analisados por meio
do programa estatístico SPSS for Windows 20.0. RESULTADOS: A ingestão dietética
dos macronutrientes estava adequada. Entretanto, a ingestão de sódio e potássio
estavam inadequados segundo as recomendações. Não houve diferença estatística
nos valores da taxa de sudorese, na variação da massa corporal, desempenho físico,
frequência cardíaca, osmolalidade plasmática e urinária, sódio e potássio plasmático
e urinário, GEU, no estado de humor, na água intracelular, extracelular e água corporal
total quando comparado a forma de suplementação. Nenhum voluntário apresentou o
quadro de desidratação. CONCLUSÃO: A suplementação com isotônico à base de
cajuína, Gatorade® e água promoveram os mesmos efeitos nas variáveis estudadas,
não sendo observado diferenças entre os protocolos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 423077 - ACACIO SALVADOR VERAS E SILVA
Interno - 1642393 - KAROLINE DE MACEDO GONCALVES FROTA
Externo à Instituição - LUCIANO SALES PRADO - UFMG
Presidente - 3342770 - MARCOS ANTONIO PEREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 20/08/2019 11:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/06/2020 23:57