Notícias

Banca de DEFESA: THAMARA MARTINS SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAMARA MARTINS SILVA
DATA: 18/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Nutrição
TÍTULO: ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE ESPESSURA DA CAMADA MÉDIO-INTIMAL DE CARÓTIDAS E MARCADORES DE RISCO CARDIOMETABÓLICO EM ADULTOS
PALAVRAS-CHAVES: Aterosclerose. Peroxidação. Dislipidemias. Estresse oxidativo. Malondialdeído.
PÁGINAS: 63
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Nutrição
RESUMO:

SILVA, T. M. Análise de relação entre espessura da camada médio-intimal de carótidas
e marcadores de risco cardiometabólico em adultos. 2019. Dissertação (Mestrado) -
Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição, Universidade Federal do Piauí,
Teresina- PI.
Introdução: As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo e seus
fatores de risco aumentam as chances de intercorrer disfunção endotelial, aumentando a
permeabilidade das células do endotélio, favorecendo o acúmulo de lipoproteínas no espaço
subendotelial e facilitando o processo de oxidação. Objetivo: Relacionar o espessamento de
camada médio-intimal de carótidas, percentual de gordura, pexoridação lipídica e índice
aterogênico. Materiais e métodos: estudo transversal, analítico, com 33 indivíduos, com
idade de 18 a 59 anos atendidos no Hospital Universitário da UFPI. Foram investigados dados
socioeconômicos e do consumo alimentar, realizou-se avaliação antropométrica (peso,
estatura e circunferência da cinura - CC), bioimpedância (percentual de gordura) e
ultrassonografia das carótidas. Foram determinados perfil lipídico, proteína C-reativa (PCR),
índice aterogênico plasmático (AIP), concentrações plasmáticas de malondialdeído e
mieloperoxidase para identificação da presença do estresse oxidativo. Os dados foram
analisados no programa software SPSS, com a aplicação de testes para avaliar associação e
correlação entre as variáveis, sendo considerado estatisticamente significativo p <0,05. O
projeto foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFPI sob o CEP: Nº
659795516.0.0000.5214. Resultados: A amostra foi predominantemente feminina (81,8%), a
média de idade foi de 48,4 anos e a maioria da população estudada estava com excesso de
peso e com percentual de gordura elevado. Os valores de PCR encontraram-se elevados na
maioria dos indivíduos, e a dislipidemia mais predominante foi HDL-c baixo. As
concentrações encontradas de malondialdeído e mieloperoxidase foram elevadas, sugerindo
presença de estresse oxidativo. Houve associação entre triglicerídeos e espessura médiointimal (EIMc) de carótidas (p= 0,04). Triglicerídeos, HDL, PCR e índice aterogênico
apresentaram correlação com EIMc (p<0,05). Também houve correlação positiva entre AIP e
peso, índice de massa corpórea e CC (p<0,05), em contrapartida, HDL-c apresentou
correlação negativa com AIP. Conclusão: Diante da correlação entre AIP e EIMc, bem como
EIMc e triglicerídeos, foi possível afirmar que o aumento das concentrações de triglicerídeos
aumentam o risco de comprometimento das carótidas, causando o espessamento e que índice
aterogênico aumenta a medida que a EIMc se eleva. Contudo, pode-se afirmar que todos os
riscos cardiometabólicos avaliados neste estudo são gatilhos para o desenvolvimento de
doenças cardiovasculares, principalmente, no que diz respeito à disfunção endotelial e
aterosclerose.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1039889 - LUANA MOTA MARTINS
Interno - 3342770 - MARCOS ANTONIO PEREIRA DOS SANTOS
Presidente - 1167710 - MARIA DO CARMO DE CARVALHO E MARTINS
Externo ao Programa - 3033534 - VANESSA BATISTA DE SOUSA LIMA
Notícia cadastrada em: 05/09/2019 09:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 14/08/2020 17:06