Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MOISES MENDES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MOISES MENDES DA SILVA
DATA: 29/06/2023
HORA: 08:30
LOCAL: Sala virtual
TÍTULO: Desenvolvimento de Biofármaco Antiandrogênico a Base do Flavonoide Crisina
PALAVRAS-CHAVES: Testosterona, Aromatase, Deficiência Androgênica
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

Estudos recentes mostram que baixos níveis de testosterona endógena têm sido relacionados à presença de vários componentes da síndrome metabólica, incluindo dislipidemia, obesidade visceral, hipertensão arterial sistêmica e estados pró-trombóticos. A crisina é um flavonoide composto de polifenólico biossintetizado a partir da via dos fenilpropanóide, que possui capacidade única de inibir o processo de aromatização, que transforma a testosterona em androgênico, estas ações correlatas podem ser divididas em duas categorias principais: efeitos androgênicos, relacionados especificamente com a função reprodutora e com as características sexuais secundárias, e efeitos anabólicos que incluem o sistema nervoso central, a glândula pituitária anterior, o rim, o fígado, os músculos (força) e o coração entre outros. Neste trabalho, propõem-se utilizar o flavonoide crisina (5,7-Dihidroxiflavona) como antiandrogênico no tratamento destas patologias especificas, bem como encapsular a crisina em beta-ciclodextrina para aumentar sua solubilidade e biodisponibilidade. Para tanto o presente estudo caracteriza-se por natureza transversal, analítico e experimental, onde serão utilizados ratos Wistar machos, sexualmente maduros (100 dias de idade), os mesmo serão receberão dose diária de atrazina 200mg/Kg de peso corporal diluída em óleo de milho (volume aproximado de 0,7 ml), por via oral, com o objetivo de provocar a aromatização da testosterona, paralelamente a crisina será extraída do maracujá do mato, também conhecido como passiflora e/ou da própolis bruta do tipo verde. Onde em seguida a mesma será complexada com β ciclodextrina para melhorar sua biodisponibilidade e em seguida será avaliada a atividade antiandrogênica do complexo e sua formulação farmacêutica visara o deposito de um resgistro ou patente, por fim adotaremos a metodologia preconizada pelo guia para ensaios toxicológicos Guideline for Testing of Chemicals da OECD,para avaliar a toxicidade do fármaco, além disso os métodos e técnicas poderão ser aplicados em várias regiões do pais qualificando mão de obra e fornencendo renda.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1690196 - ANDRE LUIZ DOS REIS BARBOSA
Externo ao Programa - 579.291.143-68 - ANTONIO LUIZ MARTINS MAIA FILHO - UESPI
Externo à Instituição - JEFFERSON ALMEIDA ROCHA - UFMA
Notícia cadastrada em: 28/06/2023 10:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 25/02/2024 04:48