Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THALLITA CASTELO BRANCO DE ANDRADE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THALLITA CASTELO BRANCO DE ANDRADE
DATA: 03/06/2013
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Curso de Farmácia
TÍTULO:

Ensaios pré-clínicos com estragol, obtido a partir do óleo essencial de Cróton zehntneri, como ferramenta para o delineamento de novos fármacos


PALAVRAS-CHAVES:

Antimicrobiano, estragol, hidrodestilação, toxicidade aguda.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
SUBÁREA: Análise e Controle de Medicamentos
RESUMO:

O estragol, (4-2-(propenil) metoxibenzeno) é um éter monoterpenóide de fórmula molecular C10H12O, e possui alguns sinônimos como: metil-chavicol, chavicol, metiléter, 4-metoxialilbenzeno.  Considerando suas propriedades físico-químicas, é uma substância que se apresenta líquida a temperatura ambiente, de aspecto oleoso, incolor ou levemente amarelado, possui peso molecular 148.2 g mol-1 e ponto de ebulição de 214-216 °C. Este monoterpenóide é um dos principais componentes do óleo essencial de Cróton zehntneri (OECz) e na literatura já foram relatadas algumas atividades para este constituinte como antimicrobiana, anti-inflamatória, antioxidante, dentre outras, o que confere a esse composto uma possível utilização como fármaco. Desta forma o presente trabalho teve como objetivo isolar e caracterizar o estragol (EST) ,obtido a parti do OECz, bem como investigar seus efeitos toxicológicos e atividade antimicrobiana. Para tanto a presente dissertação foi sendo divido em três capítulos.No primeiro capitulo foi extraído OECz das folhas frescas (cerca de 300 g) foi obtido por hidrodestilação, utilizando aparelho tipo Clevenger®. O rendimento do óleo foi de cerca de 2,0%. A análise por CG-EM permitiu a identificação de 100% dos constituintes integrados. Os principais componentes identificados foram: eucaliptol, estragol (constituintes majoritário), espatulenol. No segundo capítulo, foi realizado a avaliação da toxidade aguda após a administração do EST em camundongos tratados com doses  de 5, 4 e 3 g/kg,  por via oral (v.o) em parâmetros bioquímicos e hematológicos. A administração aguda com as doses selecionadas do EST, não induziu modificações nos parâmetros hematológicos, porém nos parâmetros  bioquímicos houve um significativo aumento das enzimas AST e ALT. O terceiro capitulo avaliou a atividade antimicrobiana e citotóxica do EST. As atividades antibacterianas e antifúngicas da estragol foram avaliados pelo método de difusão em disco  em quatro bactérias  Gram-positivas e sete bactérias Gram-negativas patogênicas e sete fungos usando ciprofloxacina  e fluconazol  como padrões para bactérias e fungos, respectivamente.A dosagem de 50 μg/disco mostrou um amplo espectro de atividade  durante os testes de sensibilidade antibacterianos e antifúngicos, em comparação com a ciprofloxacina e fluconazol respectivamente. A atividade citotóxica do estragol foi testada atrves do teste de letalidade com  Artemia Salina,que produzido CL50 e CL90 de 4,54 e 8,47 μg mL-1 em comparação com o padrão de sulfato de vincristina(VS) CL50 e CL90 de 0,37 e 0,71 mg mL-1 de forma correspondente, sugerindo que o EST poderia igualmente ao padrão  apresentar ação antitumoral. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1167629 - FERNANDA REGINA DE CASTRO ALMEIDA
Interno - 1549662 - HERCILIA MARIA LINS ROLIM SANTOS
Interno - 1638285 - RIVELILSON MENDES DE FREITAS
Presidente - 1549302 - SIDNEY GONCALO DE LIMA
Notícia cadastrada em: 07/05/2013 16:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 22/10/2019 06:23