Notícias

Banca de DEFESA: MARIA LUISA LIMA BARRETO DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA LUISA LIMA BARRETO DO NASCIMENTO
DATA: 12/02/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Sala de aula do NTF
TÍTULO: AVALIAÇÃO TOXICOGENÉTICA DA ORGANOTELURANA RF-07 EM ESTUDOS IN VITRO
PALAVRAS-CHAVES: Câncer, quimioterapia, organometais, atividade antitumoral
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

O câncer é um problema de saúde pública mundial com índices de incidências e mortalidades elevados, tendo a
quimioterapia ainda como um das principais formas de tratamento para os diversos tipos de câncer, tais como, os sarcomas.
Nesse sentido, a busca de novas sínteses de compostos químicos com efeitos antitumorais é uma constante em pesquisas
científicas na área de tratamento oncológico. Assim, o presente projeto avaliou a atividade citotóxica, genotóxica e
antitumoral da organotelurana RF07 na linhagem ascítica murina de sarcoma 180 em estudos in vitro. Os bioensaios
utilizados foram: viabilidade celular com azul de tripan, Teste cometa, Teste de micronúcleos com bloqueio de citocinese
(CBMN) e Avaliação de morte celular por fluorescêcia e Citometria de fluxo. Utilizaram-se as concentrações de 1; 2,5 e 5
µM da RF07 e a Doxorrubicina (DOX) como controle positivo. A RF07 apresentou IC 50 de 3,71 µM. Apenas a
concentração de 5 µM foi citotóxica quando comparado ao controle negativo (CN), ademais, apresentou atividade
antiproliferativa igual a DOX. Para os testes de genotoxicidade, a RF07 apresentou efeitos genotóxicos nas três
concentrações avaliadas pelos elevados índices e frequências de dano (ensaio cometa) e significantes valores de danos
mutagênicos tais como micronúcleos, brotos e pontes nucleoplasmáticas (Teste de CBMN). Além disso, para o ensaio de
CBMN, foram encontrados valores significantes de IDN, IDNC, apoptoses e necroses quando comparado ao CN
caracterizando a efeito citotóxico da RF07 nas células de sarcoma 180. Os resultados de fluorescência e citometria
evidenciaram a apoptose como o princiapal tipo de morte celular provocado pela ação da RF07 na concentração de 5 µM.
Assim, caracteriza uma morte preferencial por via programada o que evita uma resposta imunológica agressiva do
organismo. Com isso, pelos resultados observados de citotoxicidade e pelos mecanismos de ação (danos mutagênicos)
causados pela RF07 em baixas concentrações, observou-se que esta organotelurana apresentou potencial efeito antitumoral
para sarcomas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 130.036.743-15 - ANA AMELIA DE CARVALHO MELO CAVALCANTE - UFPI
Externo ao Programa - 3107513 - DALTON DITTZ JUNIOR
Presidente - 1731057 - JOAO MARCELO DE CASTRO E SOUSA
Notícia cadastrada em: 31/01/2020 13:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.timers 23/10/2021 11:34