Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FRANCISCA PÂMELLA SÁ DE SOUSA FRANÇA PEDROZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA PÂMELLA SÁ DE SOUSA FRANÇA PEDROZA
DATA: 05/08/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO PERFIL QUÍMICO, POTENCIAL BIOLÓGICO VISANDO O DESENVOLVIMENTO DE UM FITOCOSMÉTICO DO ÓLEO ESSENCIAL DAS PARTES AÉREAS DE Chenopodium ambrosioides Linn.
PALAVRAS-CHAVES: Fitoquímicos; Metabólitos secundários; Propriedades farmacológicas; Produtos tópicos; Cosmético.
PÁGINAS: 126
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

As plantas medicinais são utilizadas popularmente para o tratamento de diferentes doenças desde as primeiras civilizações. A procura por produtos naturais para o desenvolvimento de medicamentos e cosméticos está crescendo cada vez mais, pois são na maioria dos casos considerados compostos menos tóxicos e mais seguros quando comparados às substâncias sintéticas. Entre as espécies que são muito utilizadas atualmente pela população, Chenopodium ambrosioides L., conhecida popularmente na nossa região como mastruz. Esta planta apresenta diversas atividades a saber: antifúngica, antiparasitária, antibacteriana e inseticida. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar o perfil químico e o potencial biológico do óleo essencial (OE) da espécie C. ambrosioides L.(OECA) visando a formulação de um fitocosmético. O OECA foi obtido pelo método de hidrodestilação, utilizando um aparelho do tipo Clevenger, e sua caracterização foi realizada por Cromatografia Gasosa acoplada à Espectrometria de Massas (CG-EM). Para avaliação do seu potencial biológico foram realizados os testes in vitro quantitativo de inibição da enzima acetilcolinesterase (AChE); ensaios antioxidante pelos métodos de ABTS●+ (2,2-azinobis- [3-etilbenzotiazolin-6-ácido sulfônico]), DPPH (1,1-difenil-2-picrilhidrazil), e potencial redutor férrico; além do bioensaio larvicida frente às larvas do Aedes aegypti. O OECA obtido apresentou rendimento de 0,21% e como componentes majoritários: α-terpineno, p-cimeno e ascaridol. O OECA demonstrou possuir boas atividades antioxidante, principalmente pelo método de redução férrica, com concentração inibitória em 50% (CI50) igual a 98,06001 µg/mL, e ação larvicida com concentração letal média (CL50) igual a 63 ppm em 24 horas de exposição.A partir dos resultados obtidos, foi proposta a formulação de um produto cosmético (creme para uso tópico), empregando o OECA, sendo este avaliado por suas características físico-químicas e ensaios de estabilidade preliminar. Para fins de comparação, foi utilizado um creme com citronela comercial. A emulsão obtida apresentou características organoléticas favoráveis, pH compatível com a pele, densidade próxima à da água e pelo teste de condutividade foi possível determinar que se trata de emulsão do tipo óleo em água (O/A). A formulação permaneceu estável, sem nenhuma alteração visível, após os testes de centrifugação e estresse térmico. Suas características texturais foram baixas, a espalhabilidade foi adequada e não apresentou alterações significativas após estudo do ciclo gelo-degelo. Portanto, os resultados demonstraram que o óleo essencial de Chenopodium ambrosioides L. possui potencial para ser explorado pelas indústrias farmacêuticas e cosméticas, sendo que outras atividades biológicas devem ser investigadas.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1551616 - CHISTIANE MENDES FEITOSA
Externo ao Programa - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 2199134 - MARCILIA PINHEIRO DA COSTA
Externo ao Programa - 1558481 - VERUSKA CAVALCANTI BARROS
Notícia cadastrada em: 19/07/2021 09:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 04:23