Notícias

Banca de DEFESA: FRANCISCA HAURIANE DA GUIA SOARES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA HAURIANE DA GUIA SOARES
DATA: 09/11/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Física UFPI
TÍTULO: Jogo Didático no Ensino de Termologia para Pessoas com Deficiência Auditiva
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Física. Deficiência Auditiva. Jogo Didático.
PÁGINAS: 112
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
RESUMO:

Este trabalho trata da necessidade do desenvolvimento e uso de recursos educacionais para o ensino de Física no Ensino Médio para alunos com deficiência auditiva. Esses alunos têm a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como primeira língua e isso gera dificuldade na compreensão dos conteúdos, apesar do auxílio do intérprete. Como esses alunos devem ser recebidos em escolas de ensino regular os métodos de ensino utilizados precisam atender a todos. Poucos recursos didáticos existentes atualmente consideram esse tipo de deficiência e, na Física, a compreensão é dificultada por não existirem símbolos em Libras para muitos termos. O presente trabalho objetiva a produção de um recurso educacional na forma de jogo didático para estudo da Termologia, fundamentado na compreensão
da situação atual do ensino para alunos com deficiência auditiva e dos processos de ensino-aprendizagem por meio dos quais esses alunos assimilam melhor os conteúdos. Através de questionários realizados com professores e intérpretes que trabalham na Unidade Escolar Matias Olímpio, foram apontados obstáculos para o ensino inclusivo como: alunos com pouco domínio em Libras, ausência de intérpretes em diversas situações em sala de aula e até mesmo ausência de recursos voltados para alunos surdos. Foi apontada também a importância do uso de recursos específicos para alunos surdos, que priorizem elementos visuais, fazendo uso de imagens na forma de cartazes, slides, vídeos legendados, entre outros. Consequentemente, para esses profissionais, os processos de ensino-aprendizagem adequados para os alunos surdos são aqueles que utilizem recursos didáticos inclusivos. O jogo elaborado baseia-se também nas teorias de David Ausubel e Lev Vygotsky, de modo a contribuir positivamente para o Ensino de Física para deficientes auditivos. Produzido e posteriormente aplicado em turmas do segundo ano do Ensino Médio, verificou-se sua aceitação por parte dos alunos que demonstraram gostar da utilização do recurso pelo seu caráter didático e, principalmente, por seu caráter lúdico, sendo, portanto, um recurso que pode facilitar o ensino de Física para alunos com deficiência auditiva em turmas inclusivas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 354.206.503-04 - EDINA MARIA DE SOUSA LUZ - UESPI
Externo ao Programa - 1780191 - FRANCISCO ERONI PAZ DOS SANTOS
Interno - 685.302.853-87 - JANETE BATISTA DE BRITO - UESPI
Externo à Instituição - MARIA DE FÁTIMA SALGADO - UEMA
Presidente - 1775290 - RENATO GERMANO REIS NUNES
Notícia cadastrada em: 11/10/2018 10:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/05/2020 06:23