Notícias

Banca de DEFESA: GILSON ALVES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILSON ALVES DA SILVA
DATA: 31/03/2022
HORA: 14:00
LOCAL: meet.google.com/wne-yhjn-aar
TÍTULO: SEQUÊNCIA DIDÁTICA COMO PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO ENTRE AS VARIÁVEIS TERMODINÂMICAS E O SISTEMA SOLAR
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de Física. Termodinâmica. Astronomia.
PÁGINAS: 171
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Física
RESUMO:

Este estudo tem como título “Sequência didática como proposta de integração entre as variáveis termodinâmicas e o sistema solar” e se enquadra na linha de pesquisa “Recursos Didáticos para o Ensino de Física” onde aplicamos uma Sequência Didática composta por 06 (seis) etapas com duração de 02 (duas) horas cada, como proposta de integração entre a Termodinâmica e a Astronomia. Neste sentido, integrar Termodinâmica com Astronomia se justifica pelo motivo da Astronomia despertar a fascinação de crianças, jovens e adultos de todo o mundo. Ainda destacamos, a partir de pesquisas recentes em educação que, em geral, estudantes apresentam dificuldades no aprendizado da Termodinâmica por não ter se apropriado adequadamente dos conceitos relacionados às variáveis termodinâmicas. Especificamente neste trabalho relacionamos as variáveis “pressão”, “volume” e “temperatura” ao atrativo contexto do Sistema Solar. Uma vez que planetas, luas, asteroides, cometas e demais corpos celestes habitam o imaginário dos estudantes, então a estratégia de associar os conceitos de Astronomia para que os estudantes possam se apropriar e facilitar processo deensino e aprendizagem de Termodinâmica. Esta integração foi fundamentada na Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel e seus intérpretes. Procuramos com este trabalho responder ao problema de pesquisa: “Pode uma Sequência Didática possibilitar a integração da Termodinâmica com a Astronomia para contribuir a uma aprendizagem potencialmente significativa dos alunos do Ensino Médio?” O estudo foi aplicado em um universo de 24 estudantes distribuídos entre as turmas de 1ª, 2ª e 3ª série do Ensino Médio, em uma escola estadual da cidade de Teresina/PI, e foi desenvolvido na modalidade remota, devido as restrições sanitárias relacionadas a pandemia do COVID-19, que inviabilizou as atividades educacionais presenciais. Em linhas gerais, os resultados desta pesquisa revelam que ocorreu uma melhoria na aprendizagem em termodinâmica, diante da abordagem integrada ao atrativo contexto do sistema solar. Percebemos isso, ao estudarmos as percepções dos alunos ao longo da aplicação de nosso produto educacional, ficando assim nítido a apropriação dos conceitos relacionados às variáveis termodinâmicas, objetos de nosso estudo. Por fim, em relação à questão norteadora deste trabalho, uma integração entre Termodinâmica e Astronomia a partir de uma Sequência Didática, colabora para uma aprendizagem significativa dos alunos do Ensino Médio. Para trabalhos futuros, propomos expandir a integração com a Astronomia a outros tópicos de estudo da termodinâmica, e, ao mesmo tempo, aplicá-los com um enfoque em atividades práticas de forma presencial, e com isso, explorarmos todo o potencial da sequência didática proposta.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1689597 - ANDRE ALVES LINO
Presidente - 1222880 - CLAUDIA ADRIANA DE SOUSA MELO
Interno - 354.206.503-04 - EDINA MARIA DE SOUSA LUZ - UESPI
Interno - 423620 - FRANCISCO FERREIRA BARBOSA FILHO
Externo à Instituição - JOSÉ RICARDO RODRIGUES DUARTE - IFPI
Notícia cadastrada em: 17/03/2022 15:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/05/2024 21:48