Notícias

Banca de DEFESA: FABIANA DE MOURA SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABIANA DE MOURA SOUZA
DATA: 04/04/2016
HORA: 09:00
LOCAL: PPG EM FARMACOLOGIA - CCS
TÍTULO:

Efeito do extrato etanólico (Ssan-ETOH) e da fração hidroalcóolica (Ssan-HA) de Sida santaremnensis H. Monteiro (Malvaceae) sobre o sistema cardiovascular de roedores.


PALAVRAS-CHAVES:

 

Sida santaremnensis, vasorrelaxamento, pressão arterial.



PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

A espécie Sida santaremnensis H. Monteiro (Malvaceae) é um arbusto conhecido como guaxuma ou vassourinha. Estudo anterior demonstrou efeito vasorrelaxante do extrato etanólico (Ssan-EtOH) obtidos das partes aéreas desta espécie em artéria mesentérica superior isolada de rato. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito do (Ssan-EtOH) e da fração hidroalcoólica (Ssan-HA) sobre o sistema cardiovascular de roedores. Foram utilizados ratos Wistar machos (250-300 g) camundongos Swiss (25-30 g) todos provenientes do Biotério do NPPM. Os animais foram eutanasiados (Resolução 2012/CFMV e CEEA-UFPI 008/2012) e a artéria mesentérica foi removida limpa de tecido adiposo e seccionada em anéis (2-4 mm) os anéis foram imersos em cubas para órgão isolado contendo solução de Tyrode (37ºC com 95% de O2 e 5% de CO2). Após estabilização por 1 hora os anéis pré-contraídos com fenilefrina (10µM) ou KCl 80mM e os registros de tensões isométrica foram obtidas através do software AQCAD 2.06. Na avaliação da atividade antioxidante foi utilizado homogenato de coração de camundongos. A atividade hipotensora foi verificada através de implantação de cateter de polietileno na arterial femoral e veia femoral esquerda através de procedimento cirúrgico sob anestesia. Os registros foram obtidos após 24 horas seguintes a este procedimento e foram obtidos através do sistema de aquisição (AQCAD 2.06).  Os resultados demonstram que a Ssan-HA (0,1 a 750 µg/mL) promove efeito vasorrelaxante em preparações com endotélio vascular (pD2=1,42± 0,04) pré-contraídas com fenilefrina. Este efeito foi atenuado após a remoção do endotélio (pD2=2,01±0,05, *p<0,05) e na presença de  L-NAME 100 μM (pD2=1,84 ± 0,06* ou TEA 3 mM pD2=2,18±0,05*, *p<0,05 versus controle). As concentrações crescentes (81, 243, 500 e 750 µg/mL) de Ssan-HA inibiram de maneira dependente de concentração as contrações induzida por adição cumulativa de fenilefrina (10-9 – 10-5 M), (Emáx=91,64±2,27%, Emáx=51,11±6,32%, Emáx=20,16±2,15%, Emáx= 7,22 ± 0,01%, respectivamente), resposta semelhante a obtida por KCl (20 – 120 mM).  Em anéis sem endotélio pré-contraídos com (KCl 80mM) Ssan-HA promoveu efeito vasorrelaxante (pD2=2,22±0,09) dependente de concentração. Em relação a atividade antioxidante nas dosagens de GSH, MDA e H2S, observou-se que Ssan-HA não promove depleção de grupos sulfidrilas enquanto que os níveis de MDA mostram uma diminuição significativa após tratamento por via intraperitoneal em todas as doses testadas. Ocorreu ainda um aumento dos níveis de H2S nas doses de 1, 10 e 20 mg/kg. Na avaliação dos parâmetros hemodinâmicos (PAM e FC) observou-se que o extrato etanólico Ssan-EtOH nas doses (0,5; 1; 5; 10; 20 e 30 mg.kg-1 i.v.) induziu hipotensão associada a bradicardia. Esse efeito não foi alterada na presença de L-NAME (20 mg/kg, i.v.), no entanto, foi alterado  na presença de atropina (2 mg/kg, i.v.). Conclui-se que a fração Ssan-HA induz vasorrelaxamento envolvendo a eNOS e canais de K+ além da inibição do influxo de cálcio. Adicionalmente a Ssan-HA induz alterações nos níveis de GSH, MDA e aumento do H2S. Esses efeitos contribuem para a ação do Ssan-EtOH sobre a PAM uma vez que a fração Ssan-HA foi obtida a partir do extrato supracitado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2617696 - ALDEIDIA PEREIRA DE OLIVEIRA
Externo à Instituição - ROSEMARIE BRANDIM MARQUES - UESPI
Interno - 1560969 - ROSIMEIRE FERREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 30/03/2016 11:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 24/02/2021 18:08