Notícias

Banca de DEFESA: BENEDITO PEREIRA DE SOUSA NETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BENEDITO PEREIRA DE SOUSA NETO
DATA: 12/05/2016
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do NPPM (SG-15)
TÍTULO:

Atividade anti-inflamatória do derivado benzoiltriptaminico N-saliciloiltriptamina (NST), e possíveis mecanismos de ação


PALAVRAS-CHAVES:

N-Saliciloiltriptamina. Núcleo indólico. Atividade anti-inflamatória


PÁGINAS: 129
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
SUBÁREA: Farmacologia Geral
RESUMO:

A inflamação é um fenômeno que envolve a participação de diversos mediadores, como histamina, serotonina, bradicinina, TNF-α, IL-1β, e as prostaglandinas. Estes mediadores induzem intensa migração de neutrófilos para os tecidos inflamados. Dentre os fármacos utilizados para o tratamento da inflamação incluem os anti-inflamatórios não-esteroidais (coxibes), e os corticoides, entretanto, possuem vários efeitos colaterais, especialmente quando utilizados cronicamente. Substâncias que possuem núcleo indólico têm sido utilizadas no tratamento de afecções inflamatórias apresentando boa efetividade e baixa toxicidade. O NST constituído por núcleo indólico apresentou atividades anti-inflamatória e antioxidante em diferentes modelos experimentais. O objetivo deste trabalho foi investigar a atividade e anti-inflamatória do derivado benzoiltriptaminicos N-saliciloiltriptamina (NST), e os possíveis mecanismos de ação. Foram utilizados camundongos Swiss (25-30 g) e ratos Wistar (150-210g), machos e fêmeas. Para avaliação da atividade antiedematogênica do NST foi utilizado o modelo de edema de pata induzido por carragenina em ratos. Em camundongos, a atividade antiedematogênica do (NST) foi avaliada diante dos seguintes agentes flogisticos: dextrana, composto 48/80, histamina, serotonina, capsaicina e prostaglandina. Em seguida, investigou-se o efeito do (NST) sobre a degranulação de mastócitos mesenteriais induzida pelo composto 48/80 (experimento ex vivo), em ratos. Utilizou-se também o modelo de peritonite induzida por carragenina para elucidação dos possíveis mecanismos de ação. Inicialmente foi realizada a contagem total e diferencial de leucócitos, análise da concentração de proteínas totais, atividade de mieloperoxidase (MPO), catalase, concentração de nitrito (NO2-) e espécies reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS). Avaliou-se também a incapacitação articular induzida por carragenina através do tempo de elevação da pata (TEP) em incapacitômetro. Por fim, avaliou-se a variação do edema, tempo de elevação da pata (TEP) e a migração de leucócitos no modelo de artrite gotosa induzida por cristais de ácido úrico em ratos tratados com (NST).  Todos os protocolos foram aprovados pelo Comitê de Ética Animal/UFPI, Nº. 82/2014. O (NST) 100 e 200  mg/kg. (i.p.) reduziu o edema de pata induzido por carragenina da 1ª à 5ª hora (*p< 0,05). De forma semelhante, o (NST) na dose de 100 mg/kg reduziu o edema induzido por dextrana, composto 48/80, histamina, serotonina, capsaicina e prostaglandina, durante o tempo de observação (*p< 0,05). Os grupos tratados com (NST) nas doses de 50, 100 e 200 mg/kg inibiram a degranulação de mastócitos (*p<0.05) quando comparado ao grupo veículo. O NST nas doses de 100 e 200 mg/kg (i.p.) inibiu a migração de leucócitos no exsudato peritoneal, a atividade da mieloperoxidase e catalase; (*p< 0,05) e as concentrações de NO2- e TBARS. NST também reduziu significativamente (*p< 0,05) o (TEP) já na primeira hora após a indução da lesão articular. Por ultimo, o (NST) nas doses de 100 e 200 mg/kg inibiu tanto a variação do edema o (TEP) (***p<0.001)  e migração de leucócitos no modelo de artrite gotosa, durante o tempo de observação.  Conclui-se por tanto, que a substância em estudo exerce atividade anti-inflamatória através da inibição do edema de pata induzido por diferentes agentes flogisticos, por inibir a degranulação de mastócitos, diminuir a migração de leucócitos nos modelos testados e redução do estresse oxidativo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1167629 - FERNANDA REGINA DE CASTRO ALMEIDA
Presidente - 2246074 - FRANCISCO DE ASSIS OLIVEIRA
Externo ao Programa - 1795831 - STANLEY JUAN CHAVEZ GUTIERREZ
Notícia cadastrada em: 06/05/2016 15:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 24/02/2021 17:33