Notícias

Banca de DEFESA: NAIRA MOURA ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAIRA MOURA ALVES
DATA: 02/09/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do NPPM, Bloco 15.
TÍTULO:

Avaliação da atividade gastroprotetora do Mentofurano.


PALAVRAS-CHAVES:

Óleos essenciais; Monoterpeno; Mentofurano; Úlcera gástrica


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

O mentofurano (C10H14O) é um monoterpeno constituinte de diversos óleos essenciais derivados de espécies, tal como a Mentha piperita L., da família Lamiaceae (Labiatae), popularmente conhecida como hortelãzinho, hortelã de panela, hortelã de cheiro. Suas folhas e ramos são amplamente utilizados no Brasil, tendo indicação no tratamento de distúrbios gastrointestinais, verminoses (giardíase e amebíase) e problemas respiratórios, além de possuir uma boa atividade analgésica, anti-inflamatória, antifúngica, antisséptica e antiespasmódica. O objetivo deste trabalho então, foi investigar a atividade gastroprotetora do mentofurano em modelos agudos de lesão gástrica induzida por diferentes agentes ulcerogênicos, investigando seus possíveis mecanismos de ação. Em úlceras gástricas induzidas por etanol absoluto, os tratamentos com mentofurano nas doses de 25, 50 e 100 mg/kg, mas não de 12,5 mg/kg v.o, diminuíram significativamente (p< 0,05) a área de lesão gástrica. Em modelo de lesão gástrica provocada por indometacina, o mentofurano (12,5, 25, 50 e 100 mg/kg, v.o) produziu redução estatisticamente significativa (p< 0,05) no índice médio de lesões ulcerativas. No modelo de indução de úlcera por isquemia e reperfusão, o mentofurano (50 e 100 mg/kg, v.o) produziu redução estatisticamente significativa (p< 0,05) da área de lesão gástrica. Ao avaliar a atividade secretora pelo modelo de ligadura de piloro, o mentofurano (50 e 100 mg/kg, administrado por injeção intraduodenal) promoveu redução da acidez titulável e aumento do pH do suco gástrico e redução do conteúdo de muco. Contudo, não houve alteração do volume do suco gástrico e na atividade da catalase. Ademais, em modelo de úlceras gástricas induzidas por etanol, o mentofurano (50 mg/kg v.o) aumentou a concentração de grupos sulfidrílicos não protéicos, reduziu os níveis de mieloperoxidase e de malondialdeído na parede gástrica. O efeito gastroprotetor do mentofurano possivelmente envolve a redução da peroxidação lipídica e de processos inflamatórios na mucosa gástrica e diminuição da acidez do suco gástrico.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167710 - MARIA DO CARMO DE CARVALHO E MARTINS
Externo ao Programa - 7422077 - PAULO HUMBERTO MOREIRA NUNES
Interno - 1560969 - ROSIMEIRE FERREIRA DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 26/08/2016 14:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 24/02/2021 17:36