Notícias

Banca de DEFESA: ISABELA RIBEIRO DE SA GUIMARAES NOLETO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISABELA RIBEIRO DE SA GUIMARAES NOLETO
DATA: 28/02/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pesquisas em Plantas Medicinais-Bloco 15
TÍTULO: EFEITO GASTROPROTETOR DA METFORMINA NA LESÃO GÁSTRICA INDUZIDA POR ALENDRONATO EM RATOS NORMOGLICÊMICOS E HIPERGLICÊMICOS
PALAVRAS-CHAVES: ÚLCERA GÁSTRICA. AMPK. METFORMINA, BIFOSFONATOS
PÁGINAS: 77
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

O alendronato (ALD) é um bifosfonato amplamente utilizado no tratamento da osteoporose, contudo apresenta algumas reações adversas, dentre eles o surgimento da úlcera gástrica. Em contrapartida, a metformina (MET) apresenta diversos efeitos benéficos ao organismo, como favorecer a cicatrização de feridas epiteliais, por exemplo. O objetivo do estudo foi investigar o efeito gastroprotetor da MET em lesões gástricas induzidas por ALD em ratos normoglicêmicos e hiperglicêmicos. Para isso ratas foram divididas em controle negativo (solução fisiológica, SF 0,9%, v.o); controle positivo (SF 0,9% + ALD 50mg/Kg, v.o), três grupos com MET (MET 10, 30 ou 100mg + ALD 50mg/Kg, v.o), um grupo com inibidor de AMPK (Comp C 1,2mg/Kg + MET 100mg/Kg + ALD 50mg/Kg, v.o), controle negativo diabético (SF 0,9%, v.o), controle positivo diabético (SF 0,9% + ALD 50mg/Kg, v.o) e diabético na melhor dose (MET 100mg/Kg + ALD 50mg/Kg, v.o). O diabetes foi induzido com estreptozotocina (STZ), 130mg/Kg, intraperitoneal, dose única. Os pré-tratamentos foram realizados diariamente durante sete dias e a lesão gástrica foi induzida com ALD 50mg/Kg diariamente, durante quatro dias, com aprovação da Comissão de Ética em Uso Animal da Universidade Federal do Piauí (Protocolo nº 474/18). Observou-se que a dose de MET 100mg/Kg apresentou melhores resultados que as demais testadas, sendo então selecionada para a execução dos protocolos posteriores. A MET desempenhou efeito gastroprotetor significativo em ensaios de lesão gástrica, tanto em análise macroscópica como microscopia de luz e de força atômica. A MET foi capaz de suprimir fatores ligados à inflamação, como a expressão de citocinas pró-inflamatórias (TNF-α, IL-1β e IL-6) e diminuição dos níveis de MPO, além da redução dos níveis de MDA. Também foi observado manutenção dos níveis basais de colágeno na mucosa gástrica e seu potencial de estímulo à secreção de muco gástrico. Pode-se observar comprometimento da ação gastroprotetora da MET no grupo com a presença de inibidor de AMPK, sugerindo a participação dessa via na sua ação gastroprotetora. Conclui-se que a MET apresenta efeitos gastroprotetores que vão desde a diminuição da resposta inflamatória, até efeitos de proteção mecânica, com o estímulo à produção de muco, podendo sugerir então o seu potencial uso na prevenção e tratamento de lesões gástricas causadas por ALD.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1680593 - JAND VENES ROLIM MEDEIROS
Interno - 2457259 - MOISES TOLENTINO BENTO DA SILVA
Externo ao Programa - 2231318 - JOSE DELANO BARRETO MARINHO FILHO
Notícia cadastrada em: 26/02/2019 12:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 24/02/2021 18:02