Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: KAMILA LOPES DE LIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KAMILA LOPES DE LIRA
DATA: 25/02/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Núcleo de Pesquisas em Plantas Medicinais-NPPM/CCS/UFPI SG-15
TÍTULO:

Avaliação da atividade gastroprotetora da fração acetato de etila de Neoglaziovia variegata (Arruda) Mez. (Bromeliaceae) em ratos e camundongos


PALAVRAS-CHAVES:

Bromeliaceae. Neoglaziovia variegata (Arruda). Gastroproteção. Atividade antioxidante. Mecanismos citoprotetores.


PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

A espécie Neoglaziovia variegata (Arruda) Mez é conhecida popularmente como ”caroá”, no Brasil, se encontra amplamente distribuída na região da caatinga por todo o semiárido do Nordeste brasileiro e parte da região Sudeste. O perfil fitoquímico da espécie mostrou a presença de saponinas, taninos, flavonóides, esteróides e triterpenóides. O presente estudo tem como objetivo investigar a atividade gastroprotetora e os mecanismos citoprotetores da fração acetato de etila (Nv-AcOEt) obtida a partir das partes aéreas de Neoglaziovia variegata (Arruda) (Bromeliaceae), utilizando modelos de lesões gástricas agudos em ratos e camundongos. No modelo de lesão gástrica induzida por etanol absoluto (0,2 mL/animal), o pré-tratamento com o Nv-AcOEt (100, 200 e 400 mg/kg, v.o) diminuiu a área de lesão gástrica de maneira significativa (p<0.05). O mesmo foi observado para as lesões gástricas induzidas por etanol acidificado (0,2 mL/animal), Nv-AcOEt (100, 200 e 400 mg/kg, v.o) inibiu a área de lesão gástrica de maneira significativa (p<0,05). No modelo de úlcera por ibuprofeno (100 mg/kg, v.o.), o pré-tratamento com o Nv-AcOEt (100, 200 e 400 mg/kg) reduziu o número de úlceras de maneira significativa (p<0,05). Nv-AcOEt (100 e 200 mg/kg, v.o.) também foi eficaz em inibir as lesões induzidas por isquemia e reperfusão. Na avaliação da atividade antioxidante, Nv-AcOEt (100 mg/kg, v.o.) não impediu a degradação de GSH pela ação do etanol. Nv-AcOEt (100 mg/kg, i.d.) demonstrou um aumento na concentração de muco aderido à parede gástrica no modelo de ligadura de piloro em ratos. Na tentativa de elucidar outros possíveis mecanismos envolvidos na gastroproteção de Nv-AcOEt (100 mg/kg), os animais foram submetidos à indução de lesão gástrica por etanol após pré-tratamento com ibuprofeno, L-NG-nitro-arginina, e glibenclamida, demonstrando a participação das prostaglandinas, da sintase do óxido nítrico, e dos canais de potássio sensíveis ao ATP (KATP), respectivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2157495 - ANDERSON NOGUEIRA MENDES
Interno - 2457259 - MOISES TOLENTINO BENTO DA SILVA
Presidente - 423551 - RITA DE CASSIA MENESES OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 24/02/2015 10:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 24/02/2021 17:48