Últimas Notícias
Banca de DEFESA: VALDIVÂNIA ALBUQUERQUE DO NASCIMENTO
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VALDIVÂNIA ALBUQUERQUE DO NASCIMENTO
DATA: 08/04/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do PPG em Ciência e Engenharia de Materiais
TÍTULO: SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO DE CaMoO4 E CAPACIDADE DE REMOÇÃO DO FÁRMACO DOXAZOSINA EM MEIO AQUOSO
PALAVRAS-CHAVES: CaMoO4, remoção, fármaco
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

O problema de poluição provocada por produtos farmacêuticos, de limpeza e de cuidados pessoais (PPCPs) tem crescido, tornando-se cada vez mais grave, portanto, o interesse em investigar um método simples, rápido e efetivo para purificar águas contaminadas. A técnica de adsorção em fase sólida está chamando a atenção para a remoção de PPCPs de águas residuais. Este trabalho objetiva-se a sintetizar, caracterizar molibdato de cálcio (CaMoO 4 ) e determinar a capacidade de remoção do fármaco doxazosina em meio aquoso. Foram realizadas análises de Difração de Raios X (DRX), Refinamento Rietveld, Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Espectroscopia Raman, Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia de Raios X por Dispersão de Energia (EDS) e Teste de remoção do fármaco doxazosina. O resultado de DRX confirmou a estrutura tetragonal do pó obtido. No resultado obtido por FTIR foi possível observar as bandas das ligações das estruturas formadoras de CaMoO 4 , localizadas em 3380, 1635, 780 e 428cm -1 . Pelo Raman, verificou-se a presença de modos vibracionais referente a estrutura tetragonal de CaMoO 4 . A morfologia visualizada no MEV foi esférica. O estudo da capacidade de remoção do fármaco doxazosina foi preliminarmente feito usando uma estrutura de CaMoO 4 e investigando fatores que influenciam a remoção do fármaco, como concentração, pH, tempo de contato, temperatura e dosagens. Os resultados mostram que a capacidade de remoção do fármaco foi de 154 mg g -1 em meio aquoso. A isoterma de adsorção e a cinética de adsorção indicaram que a remoção do fármaco doxazosina segue o modelo de Tenkim e cinética de pseudo-segunda ordem e a capacidade de remoção do fármaco inicia o equilíbrio entre 4-5 minutos. O estudo de regeneração do adsorvente mostrou a capacidade de utilizar o material em cerca de três ciclos de adsorção/dessorção, com capacidade de remoção igual a 154 mg g -1 (1° ciclo), 45,8 mg g -1 (2° ciclo) e 15,2 mg g -1 (3° ciclo). Investigações indicam que CaMoO 4 é um material potencial para adsorvente, tendo capacidade de remover o fármaco doxazosina em meio aquoso.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167321 - MARIA RITA DE MORAIS CHAVES SANTOS
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Externo à Instituição - JOSE FRANCISCO DOS REIS SOBRINHO - IFPI

Cadastrada em: 08/04/2019
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 21/02/2019 - 22/02/2019 · Matrícula para o período 2019.1.
  • 07/03/2019 · Início do período letivo 2019.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 25/04/2019 01:11