Notícias

Banca de DEFESA: SANDRA PORTELA DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SANDRA PORTELA DO NASCIMENTO
DATA: 02/12/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Vídeo 1- CCHL
TÍTULO: A FORMAÇÃO PROFISSIONAL E EMPREGABILIDADE DOS EGRESSOS DO PRONATEC: Análise do caso IFPI - Campus Teresina Central
PALAVRAS-CHAVES: Política pública educacional. Pronatec. Avaliação de impacto. IFPI Campus Teresina Central.
PÁGINAS: 129
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Entende-se que as políticas públicas são formuladas por autoridades do governo federal na tentativa de resolver problemas públicos, buscando o equilíbrio nas heterogeneidades sociais. Sob essa ótica, esta pesquisa direciona seu olhar para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC. O programa em pauta configura-se como política pública educacional criada para a ampliação da oferta de cursos de qualificação profissional, como meio de garantir o acesso e a permanência dos alunos na escola, bem como oportunizar a empregabilidade. Este estudo buscará responder as seguintes problemáticas: os cursos do PRONATEC contribuem para a empregabilidade de egressos concludentes? e a qualificação profissional via PRONATEC proporciona alguma mudança na vida desses egressos? Desse modo, tem por hipótese que a formação profissional auxilia na inserção das pessoas no mercado de trabalho. Logo, enfocará a etapa da avaliação de políticas públicas, por ser uma das etapas menos exploradas em estudos existentes. Embora pouco estudada, é imprescindível como meio de prover a administração pública de instrumentos para a tomada de decisão, possibilitando maior eficiência à execução de políticas públicas.  Diante do exposto, tem como objetivo principal avaliar o impacto do programa em estudo sobre o público-alvo, na perspectiva do usuário, usando o IFPI Campus Teresina Central como estudo de caso. Para operacionalizar os fins propostos, esta dissertação se beneficiará de um estudo de caso com abordagem qualitativa, utilizando-se das técnicas de entrevistas em profundidade, individuais aplicadas de forma presencial, e análise documental, do tipo análise de conteúdo para a coleta e tratamento dos dados. Classificam-se como sujeitos deste estudo, os egressos concludentes do programa no período de 2015.2 a 2017, cujo corpus abrangeu 8 participantes. Os sujeitos foram selecionados com base em critérios referentes a gênero, idade e tipo de curso concluído no intuito de garantir a representatividade. Acredita-se que este estudo possui relevância acadêmica e social, na medida em que pretendeu estimular discussões e reflexões a respeito das políticas públicas voltadas para a oferta da educação profissional, bem como dos desafios vivenciados no processo de qualificação na perspectiva de uma formação humana integral. Logo, pretendeu-se trazer repercussão não só acadêmica, mas direcionada à eficiência dos serviços públicos. Os dados permitem concluir que o PRONATEC do IFPI Campus Teresina Central atingiu seu propósito de capacitar pessoas, oportunizando-as para o emprego. No entanto, identificou-se como fatores desafiadores a consolidação de parcerias efetivas no cumprimento das exigências necessárias ao encaminhamento de estágio. Com isto, os beneficiários obteriam valiosas experiências, como o contato prévio com a área de atuação profissional, enriquecendo o conhecimento apreendido em sala de aula ao estimular o desenvolvimento de habilidades.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA CÉLIA FURTADO ORSANO - IFPI
Presidente - 1863069 - MONIQUE DE MENEZES
Interno - 1167585 - RICARDO ALAGGIO RIBEIRO
Notícia cadastrada em: 21/11/2019 16:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 01/12/2022 16:16