Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA CLARA BATISTA SAMPAIO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA CLARA BATISTA SAMPAIO
DATA: 17/12/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Vídeo 01 CCHL
TÍTULO: GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL: uma análise empírica dos determinantes socioeconômicos, contábeis e políticos de transparência com municípios brasileiros
PALAVRAS-CHAVES: Gestão Pública. Níveis de Transparência. EBT. Gestão Pública Municipal.
PÁGINAS: 10
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A transparência na gestão pública constitui, atualmente, um importante campo de pesquisa,
destacando-se estudos sobre a abertura dos dados governamentais por meios eletrônicos e a
avaliação da transparência pública municipal. Nesse contexto, surgiu a métrica Escala Brasil
Transparente (EBT) desenvolvida pela Controladoria Geral da União (CGU) para analisar a
transparência ativa e passiva dos municípios brasileiros. Por isso, optou-se pela adoção da EBT
neste estudo objetivando analisar a influência dos determinantes socioeconômicos, contábeis e
políticos sobre os níveis de transparência na gestão pública municipal e, especificamente: a)
identificar os indicadores socioeconômicos, contábeis e políticos dos municípios avaliados pela
Escala Brasil Transparente (EBT); b) verificar os níveis de transparência da gestão pública nos
municípios brasileiros avaliados pela EBT; c) averiguar a relação entre as informações divulgadas
e os níveis de transparência indicados pela EBT. Os determinantes analisados foram pré-definidos
na literatura a partir de estudos correlatos com o tema desta pesquisa. Para a análise e
interpretação dos dados será utilizada a análise de correlação por meio do Coeficiente de
Correlação Linear de Pearson (p(X; Y)) para medir o grau de associação entre as variáveis e a
regressão linear múltipla para compreender como a variável dependente sofre influência de outras
variáveis consideradas explicativas. Toda a discussão tem fundamento na Teoria da Legitimidade
e visa responder ao seguinte questionamento: qual a influência dos determinantes
socioeconômicos, contábeis e políticos sobre os níveis de transparência pública municipal?
Espera-se compreender a influência dos determinantes na transparência da gestão pública
municipal e produzir informações que favoreçam compreender a realidade dos municípios quanto
ao seu desempenho.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1979907 - ALEXANDRE RABELO NETO
Presidente - 2027033 - JOAO CARLOS HIPOLITO BERNARDES DO NASCIMENTO
Externo ao Programa - 1703199 - LEONARDO VICTOR DE SA PINHEIRO
Notícia cadastrada em: 06/12/2019 10:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 06/12/2022 21:53