Notícias

Banca de DEFESA: SELMA SOUSA COSTA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SELMA SOUSA COSTA SILVA
DATA: 28/09/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Acesso Remoto (https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/adriana-lopes-da-silva)
TÍTULO: ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL NO ÂMBITO DO CREAS A CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DE ABUSO SEXUAL EM ITAITUBA/PA
PALAVRAS-CHAVES: Assistência Social. CREAS. Abuso sexual. Crianças e adolescentes.
PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Este estudo tem por objetivo analisar a implementação da política pública de assistência
social a partir do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de
Itaituba para o enfrentamento dos casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes.
Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, tipo estudo de caso, cujos
procedimentos metodológicos adotados incluem observações e análise comparativa de
informações coletadas sobre o CREAS (gestão, organização, funcionamento e serviços),
sobre o planejamento da política pelo órgão gestor no município e sobre o planejamento
interno da unidade CREAS “Flor do Sol” a partir de documentos escritos (como projeto
e relatórios) e das entrevistas com profissionais do equipamento. A primeira parte da
análise dedicamos à apresentação e discussão dos resultados a partir de seis dimensões
(planejamento, infraestrutura, equipamentos e recursos materiais, recursos humanos,
serviço prestado, e avaliação e monitoramento) para construir compreensão da realidade
da unidade CREAS no tocante à implementação da Política de Assistência Social a
partir do serviço PAEFI ofertado a crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual em
Itaituba. Posteriormente, concentramos atenção nos avanços, desafios e projeções da
implementação da política no âmbito do CREAS, incluindo
atendimento/acompanhamento do CREAS a crianças e adolescentes vítimas de abuso
sexual, como forma de trazer contribuições a este trabalho tão necessário. Após a
análise, a compreensão alcançada é de que parece haver mais fatores favorecedores a
implementação da Política de Assistência Social em Itaituba, contudo, a persistência de
alguns fatores desfavorecedores da política no âmbito do CREAS, como: contratação
semestral de recursos humanos, ausência de equipamentos essenciais para o
desenvolvimento do trabalho social na unidade CREAS (como o telefone e veículo
institucionais), ausência de espaço para atendimento em grupos, deficiência na
integralidade da rede, deficiência no registro de informação, monitoramento e avaliação
comprometem a oferta de serviços, incluindo o PAEFI, em que, dentre os usuários,
estão crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 423580 - MARIA DALVA MACEDO FERREIRA
Presidente - 1167769 - RAIMUNDO BATISTA DOS SANTOS JUNIOR
Interno - 2573658 - VITOR EDUARDO VERAS DE SANDES FREITAS
Notícia cadastrada em: 09/09/2020 11:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/12/2022 20:31