Notícias

Banca de DEFESA: WANAIA TOMÉ DE NAZARÉ ALMEIDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WANAIA TOMÉ DE NAZARÉ ALMEIDA
DATA: 28/09/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Acesso Remoto (https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/adriana-lopes-da-silva)
TÍTULO: MOTIVOS DE NÃO CONFORMIDADE DA GESTÃO DIANTE DA PRESSÃO INSTITUCIONAL DA AUDITORIA INTERNA
PALAVRAS-CHAVES: Auditoria Interna. Pressão institucional. Respostas Estratégicas. Motivos para não conformidade.
PÁGINAS: 154
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A unidade de Auditoria Interna é um importante instrumento de gestão na administração pública,
pois realiza atividade de controle, exercendo sobre o gestor pressão por conformidade, à medida
que aponta irregularidades, equívocos e falhas, e recomenda ações para que a gestão se adeque ao
determinado pelas normas legais. Entretanto tais recomendações não vinculam o gestor, o que
possibilita que ele apresente diferentes respostas estratégicas à pressão por conformidade. Assim,
adotando como referencial a teoria elaborada por Oliver (1991), que trata das respostas estratégicas
utilizadas pelas organizações frente às pressões institucionais por conformidade, esta pesquisa
objetiva identificar os motivos que direcionam a resposta estratégica do gestor no sentido do não
atendimento às recomendações recebidas da Auditoria Interna. A pesquisa adotou enfoque
qualitativo, utilizando-se como instrumento de pesquisa a análise documental, realizada através da
técnica de análise de conteúdo dos relatórios de monitoramento elaborados pela Auditoria Interna
do IFPA, no período de 2015 a 2018, que foi o recorte temporal definido. Esta análise traçou um
panorama inicial acerca das respostas estratégicas dadas pela organização, a partir do quantitativo
de recomendações recebidas e não atendidas, além de apontar o tipo de recomendação feita à
gestão e as áreas em que a Auditoria Interna atuou no período. Foram realizadas, ainda, entrevistas
semiestruturadas em profundidade com uma amostra de gestores do referido Instituto. A amostra
foi composta pelos gestores cujo campus foi monitorado mais de uma vez entre os anos de 2015 e
2018 ou possui mais de 10% de recomendações não atendida, considerando-se o total de
recomendações direcionadas ao campus. Para análise das entrevistas e extração dos resultados, foi
utilizada a técnica de análise de discurso. Os resultados apontaram que os motivos dos gestores
estão relacionados com questões de ordem política, econômica, institucional, gerencial ou
sancionatória, previstas no framework de Oliver (1991), mas também revelou outros fatores, tais
como a falta de recursos financeiros e humanos, inexperiência em gestão, falta de conhecimento
acerca de auditoria, a inexequibilidade das recomendações propostas e a ausência de
acompanhamento do atendimento às recomendações, os quais podem ocorrer isoladamente ou
juntamente com os motivos constantes no framework da citada autora.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CARLOS ANDRÉ CORREA DE MATTOS - UFPA
Interno - 2202532 - FABIANA RODRIGUES DE ALMEIDA CASTRO
Presidente - 1863069 - MONIQUE DE MENEZES
Notícia cadastrada em: 09/09/2020 13:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/12/2022 14:58