Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARA LORENA RAMOS VALADAO GONZAGA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARA LORENA RAMOS VALADAO GONZAGA
DATA: 19/07/2023
HORA: 09:00
LOCAL: http://meet.google.com/rdm-kbct-xmx
TÍTULO: A inserção do teletrabalho e seus reflexos no Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região: uma leitura a partir da Teoria da Justiça Social de John Rawls
PALAVRAS-CHAVES: teletrabalho; justiça social; TRT 22
PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A evolução tecnológica encaminha mudanças na administração pública, exigindo que o servidor se adapte à nova realidade intermediada por tecnologias da informação. O gerencialismo conduz o processo, direcionando um Estado mais eficiente, eficaz e efetivo, proveniente de uma sociedade imediatista carente de políticas públicas. Nessa realidade, emerge a discussão sobre o teletrabalho, inovação organizacional que corresponde a um trabalho realizado à distância, com apoio de tecnologias, por servidores públicos. Nos TRTs, o teletrabalho existe desde antes da pandemia pela Covid-19, porém ganhou destaque por ocasião do evento pandêmico, momento em que foi expandido em todos os níveis organizacionais. Pendente, porém, um estudo aprofundado sobre a realidade do teletrabalho na administração pública brasileira, a partir de suas consequências sociais, para além de uma visão utilitarista sobre o modelo. Assim o presente estudo tem como objetivo analisar os reflexos da inclusão do teletrabalho no TRT 22, examinando suas consequências sociais sob a lente da Teoria da Justiça Social de John Rawls. Para tanto, apresentará o atual panorama do teletrabalho no judiciário trabalhista brasileiro, analisará as condições de realização do teletrabalho, em suas distintas modalidades, pelos servidores do TRT 22 e compreenderá as consequências sociais dessas condições, a partir do referencial de Justiça Social. O procedimento metodológico que possibilitará a realização deste estudo perpassará por um estudo de caso, balizado pelos seis passos de um estudo qualitativo, conforme Stuart et al. (2002), momento em que serão utilizadas técnicas de exame documental e aplicação de entrevistas semiestruturadas, com amostragem definida através de bola de neve (snowball). Os dados serão analisados a partir da análise de conteúdo bardiniana, com o auxílio do software NVivo, versão 12.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167679 - MARCO AURELIO LUSTOSA CAMINHA
Interno - 2202532 - FABIANA RODRIGUES DE ALMEIDA CASTRO
Interno - 1772596 - GUSTAVO PICANCO DIAS
Externo ao Programa - 2336826 - REGINA COELLI BATISTA DE MOURA CARVALHO
Externo à Instituição - ANA FERREIRA ALVES - IFRS
Notícia cadastrada em: 04/07/2023 10:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 22/02/2024 23:29