Notícias

Banca de DEFESA: LARISSA MACELLE DE PAULO BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LARISSA MACELLE DE PAULO BARBOSA
DATA: 03/11/2022
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório de Pós-graduação/CCA.
TÍTULO: Atributos químicos e microbiológicos do solo, desenvolvimento e estado nutricional da pimenta biquinho em resposta a diferentes doses de resíduos orgânicos compostados.
PALAVRAS-CHAVES: Fertilidade do solo; Atributos do solo; Compostos orgânicos; Capsicum chinense
PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Os resíduos orgânicos provenientes das atividades agropecuárias, muitas vezes são dispostos inadequadamente no meio ambiente por não serem considerados passíveis de reciclagem. Porém são materiais que apresentam potencialidade de reaproveitamento na agricultura quando tratados e aplicados ao solo como fertilizantes orgânicos. Objetivou-se avaliar os atributos químicos e microbiológicos do solo, o desenvolvimento e estado nutricional da pimenta biquinho amarelo em resposta à aplicação de diferentes doses de resíduo ruminal bovino compostado (RR) e cama de frango compostada (CF). O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias, da Universidade Federal de Piauí, em Teresina-PI, entre os meses de novembro de 2021 e fevereiro de 2022. Foi adotado o delineamento experimental em blocos completos casualizados com quatro repetições, em esquema fatorial 3x2+2. Os tratamentos foram referentes às doses (base seca) de RR e CF e, dois tratamentos adicionais, constituídos da seguinte forma: i) tratamento adicional 1 (solo, CK); ii) tratamento adicional 2 (adubação mineral, NPK); iii) 30 Mg ha-1-1 de RR; iv) 60 Mg ha-1-1 de RR; v) 90 Mg ha-1-1 de RR; vi) 30 Mg ha-1 de CF; vii) 60 Mg ha-11 de CF; viii) 90 Mg ha-1-1 de CF. Os resultados mostraram que as crescentes doses dos compostos provocaram melhorias nos atributos do solo e da planta. Foi observado efeito de interação entre os fatores para os seguintes atributos do solo: pH, carbono orgânico total (COT), nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), sódio (Na), carbono da biomassa microbiana (CBM) e respiração do solo (RS). Em relação às variáveis biométricas e de rendimento da planta, o melhor modelo de ajuste foi o linear em resposta às doses de RR e o modelo quadrático para as doses de CF, cujo ponto máximo foi verificado na dose 36, 66, 58, 54, 88 e 74 Mg ha-1 para altura da planta (AP), índice relativo de clorofila (IRC), área foliar (AF), massa seca da parte aérea (MSPA), massa seca radicular (MSR), e número de frutos por plantas (NFP), respectivamente. Apenas no IRC, AF, MSPA e NFP foi verificado o efeito da interação. Houve um aumento no teor de nutrientes nas folhas após aplicação dos compostos em comparação aos tratamentos controle, exceto para ferro (Fe), sendo observado efeito de interação apenas para o conteúdo de zinco (Zn) e manganês (Mn). Conclui-se que, o uso do RR e CF influenciou os atributos químicos e microbiológicos do solo e favoreceu o desenvolvimento, estado nutricional e o rendimento das plantas de pimenta biquinho
amarelo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1552372 - LUIS ALFREDO PINHEIRO LEAL NUNES
Presidente - 2115817 - RICARDO SILVA DE SOUSA
Externo à Instituição - SANDRA MARA BARBOSA ROCHA - UFPI

Notícia cadastrada em: 03/11/2022 08:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 16/06/2024 02:23