Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSÉ ROBERTO DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ ROBERTO DE OLIVEIRA
DATA: 06/12/2022
HORA: 08:00
LOCAL: Modo Remoto. Link a ser definido.
TÍTULO: MODELAGEM DO CRESCIMENTO E PRODUTIVIDADE DE SISTEMAS AGRÍCOLAS
PALAVRAS-CHAVES: Consórcio; calendário agrícola; risco climático; rendimento
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

A modelagem é a simulação de crescimento e desenvolvimento de culturas
agrícolas baseada em diversos processos, tornando-se uma ferramenta importante
para pesquisas agrícolas e ambientais, permitindo aos pesquisadores estudar e avaliar
sistemas através do conhecimento da sua composição e comportamento no ambiente.
O conhecimento dos princípios básicos de modelagem de sistemas agrícolas possibilita
ao pesquisador aperfeiçoar o uso das ferramentas de simulação de sistemas agrícolas
atualmente disponíveis, permitindo a avaliação de cenários, opções de manejo e
extrapolações de resultados experimentais no espaço e no tempo. Diversos sistemas
agrícolas vêm sendo utilizados objetivando minimizar os problemas relacionados ao
manejo do solo, através da sua cobertura com plantas, visando melhorar a capacidade
produtiva. No entanto, as ocorrências de eventos climáticos adversos interferem no
comportamento vegetativo e, sobretudo, produtivo das culturas, aumentando os riscos
nas atividades agropecuária das diferentes regiões do Brasil. As variações
climatológicas é fator fundamental para a previsão das safras através dos modelos de
estimativa de produtividade agrícola, levando em conta que a disponibilidade hídrica é
considerada variável independente para análise, tais como a precipitação pluvial,
evapotranspiração potencial e real e a deficiência hídrica, possibilitando a definição do
calendário agrícola de risco climático. Os modelos de culturas ajudam o esclarecimento
e a avaliação das relações das várias dimensões entre os fatores que afetam as
culturas, incluindo data de plantio, seleção de cultivares, densidade de semeadura, tipo
de solo, estratégias de fertilizantes, irrigação e padrões climáticos sazonais. Inúmeros
modelos estão disponíveis para prever o crescimento das culturas, dentre eles destacase o Sistema de Apoio à Decisão para Transferência de Agrotecnologia – (DSSAT), o
simulador de sistemas de produção agrícola – (APSIM) e Solo, Água, Atmosfera e
Planta – (SWAP). Os modelos de sistemas agrícolas têm contribuído também para
análise de impactos das mudanças climáticas na agricultura, fornecendo cenários
agrícolas futuros aos pesquisadores envolvidos no tema, permitindo a tomada de
decisão em função do cenário observado oferecendo subsídio para adaptação
tecnológica do setor agropecuário.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 304.796.653-20 - ADERSON SOARES DE ANDRADE JUNIOR - EMBRAPA
Interno - 429.157.593-91 - EDSON ALVES BASTOS - EMBRAPA
Interno - 1553560 - FRANCISCO DE ALCANTARA NETO
Externo à Instituição - JOSE RICARDO MACEDO PEZZOPANE - EMBRAPA
Interno - 2115817 - RICARDO SILVA DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 21/11/2022 16:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 16/06/2024 04:04