Notícias

Banca de DEFESA: ANTONIO VIEIRA GOMES NETO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANTONIO VIEIRA GOMES NETO
DATA: 29/05/2023
HORA: 08:00
LOCAL: Modo Remoto. Link a ser definido.
TÍTULO: ATIVIDADE ACARICIDA, EFEITOS SUBLETAIS DE ÓLEOS ESSENCIAIS E PRODUTOS SINTÉTICOS SOBRE A HISTÓRIA DE VIDA Oligonychus punicae Hirst (Acari: Tetranychidae)
PALAVRAS-CHAVES: Toxicidade; Óleos essencias; Tabela de vida e Fertilidade, Tetranychidae, História de vida
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Medidas para o manejo e o controle de Oligonychus punicae (Hirst) (Acari: Tetranychidae), principalmente com o uso de produtos com ação acaricida, vem ganhando força. Porém, ainda são poucos os relatos dos efeitos letais e subletais de produtos naturais e sintéticos sobre O. punicae. Diante disso, objetivou-se com esse trabalho avaliar os efeitos da toxicidade, repelência, efeito ovicida dos óleos essencias e acaricidas sintéticos sobre O.punicae além de avaliar os efeitos subletais dos óleo essenciais sobre a história de vida de sobreviventes de O. punicae e a geração posterior. A toxicidade dos óleos essenciais foi testada sobre fêmeas adultas de O. punicae. As concentrações letais e razão de toxicidade foram calculadas para cada óleo e produto. O efeito repelente foi verificado através de teste com chance de escolha, na qual foram utilizados discos foliares tratados com os óleos essenciais com as CL20 e CL30 e discos foliares não tratados. Calculou-se o índice de repelência, a porcentagem de repelência dos produtos e o índice de preferência para oviposiçao. O efeito ovicida foi determinado a partir da aplicação das CL50 e CL90 dos óleos essenciais e produtos sintéticos. Para avaliar os efeitos dos produtos naturais na história de vida, utilizou-se a concentração subletal CL20 de produto à base de nim e dos óleos essenciais. Nas fêmeas sobreviventes avaliou-se o número de fêmeas sobreviventes e ovos depositados. Foram calculadas a sobrevivência média, fecundidade específica e os parâmetros de tabela de vida a partir do tratamento com a CL20. No tratamento com os óleos essenciais, os mesmos parâmetros também foram avaliados para a segunda geração. A sobrevivência e longevidade das fêmeas de O. punicae não foram afetadas pelos produtos à base de nim, entretanto a fecundidade foi afetada em determinados períodos. Na tabela de vida e fertilidade, a taxa líquida de reprodução (Ro), a taxa intrínseca de crescimento (rm) e a razão finita de aumento (ʎ) foram significativamente reduzidas pela CL20, quando comparados com a testemunha. Os óleos essenciais testados apresentaram diferentes toxicidades (nas CL30 e CL50) sobre fêmeas de O. punicae e ocasionaram uma redução significativa da viabilidade de ovos de O. punicae em relação testemunha, nas CL50 e CL90. Todos os produtos testados foram classificados como repelentes e neutros para fêmeas adultas de O. punicae e causaram deterrência na oviposição. Não foram observadas diferenças na sobrevivência/longevidade das fêmeas adultas tratadas com óleos essenciais. Os parâmetros de tabela de vida foram afetados significativamente nas duas gerações após aplicação da CL20 dos óleos essenciais. Entretanto os parâmetros biológicos da segunda geração não foram afetados. As concentrações letais dos óleos essenciais de I. verum, C. flexuosus, E. caryophyllus apresentaram diferentes toxicidade sobre fêmea de acordo com razão de toxicidade, também apresentou efeito repelente e ovicida. As concentrações subletais os óleos e azadirachta, ainda que não tenham afetado a sobrevivência, ocasionaram redução da fecundidade e afetaram parâmetros populacionais na geração seguinte. Sendo assim os efeitos subletais dos óleos essenciais são perpetuados por gerações.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALBERTO BELO ESTEVES FILHO - IFPE
Interno - 011.018.573-07 - DOUGLAS RAFAEL E SILVA BARBOSA - IFMA
Externo à Instituição - JOSÉ WAGNER DA SILVA MELO - UFC
Presidente - 1167867 - PAULO ROBERTO RAMALHO SILVA
Externo à Instituição - ROSENYA MICHELY CINTRA FILGUEIRAS - IFPI
Interno - 043.286.014-23 - SOLANGE MARIA DE FRANCA - UFPI
Notícia cadastrada em: 25/04/2023 14:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 16/06/2024 03:55