Notícias

Banca de DEFESA: TAYANNE PAULA DA SILVA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAYANNE PAULA DA SILVA SANTOS
DATA: 30/06/2023
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório da Pós-Graduação do Centro de Ciências Agrárias/UFPI.
TÍTULO: Atributos de qualidade do solo em diferentes agroecossistemas no município de José de Freitas-PI
PALAVRAS-CHAVES: Fertilidade do solo; Atributos do solo; Agroecológico; Agrofloresta; Sistema convencional
PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Ações antrópicas inadequadas no manejo do solo provocam efeitos negativos na qualidade do solo, afetando o crescimento sustentável da produtividade agrícola. Objetivou-se com o trabalho avaliar os atributos, físicos, químicos e microbiológicos, de qualidade do solo sob diferentes agroecossistemas no Município de José de Freitas-PI. O estudo foi conduzido na área experimental do Instituto Federal do Piauí (IFPI), Campus Avançado de José de Freitas. Os agroecossistemas avaliados foram AGRO, CONV, SAF e uma área de MATA. Foram realizadas coletas de solo em dois períodos do ano (seco e chuvoso), bem como em duas profundidades (0,0-0,1 m e 0,1-0,2 m). Adotou-se esquema de parcela subdividida no tempo e o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foi observado diferenças estatisticamente significativas (p<0,05) entre os fatores para os seguintes atributos do solo: PT e MIC (0,10 – 0, 20 m), pH, CE, COT, EstC, P, K, Mg, N, CBM, qMic, qCO2 e RS (0,0 – 0,10 e 0,10 – 0,20 m). Não foi observada interação significativa entre os fatores para os atributos MAC, DS (0,0 – 0,10 m e 0,10 – 0,20 m), PT, MIC (0,0 – 0,10 m), P, Na (0,0 – 0,10 m), Na, H+Al (0,10 – 0,20 m). Os menores teores de médias P, pH, Na, RS, CBM, qCO2, qMIC, DS, MIC e médias estatística elevadas para os atributos PT foram observados na MATA. O agroecossistema CONV apresentou médias estatística elevadas para as variáveis pH, P, N, H+Al, Mg, DS e menores médias para os atributos CO2, CBM e qCO2. As maiores médias no agroecossistema AGR foram observadas para os atributos K, N e CBM e a menor média para o atributo qMIC. O agroecossistema SAF apresentou médias altas para os atributos Na, EstC e MAC e menor média para o atributo qCO2. Os resultados mostraram que os agroecossistemas AGRO, SAF e a mata interferem na qualidade do solo. Entretanto, a melhoria em termos de qualidade do solo e consequente estoque de carbono orgânico ocorrem de formas distintas no perfil do solo em sistemas conservacionistas de manejo. Portanto, é importante considerar a variedade de práticas agrícolas e a interação de diferentes fatores para entender como os agroecossistemas podem afetar a qualidade dosolo.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FRANCINEUMA PONCIANO DE ARRUDA - UESPI
Externo ao Programa - 1552372 - LUIS ALFREDO PINHEIRO LEAL NUNES
Presidente - 2115817 - RICARDO SILVA DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 22/05/2023 09:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 16/06/2024 02:22