Notícias

Banca de DEFESA: GÉRSON DO NASCIMENTO COSTA FERREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GÉRSON DO NASCIMENTO COSTA FERREIRA
DATA: 18/12/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Núcleo da Pós-graduação do Centro de Ciências Agrárias-CCA/UFPI
TÍTULO: Hibridação, Seleção e Dissimilaridade Genética entre Plantas Ornamentais
PALAVRAS-CHAVES: Catharanthus roseus; Capsicum; Pelargonium; Rosa; Recursos genéticos; Melhoramento vegetal.
PÁGINAS: 225
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Planta ornamental é toda aquela cultivada por sua beleza e compreende, basicamente, as flores de vaso e de corte, espécies arbustivas e arbóreas. O faturamento total para todos os aspectos da floricultura é estimado em mais de 300 bilhões de dólares, entretanto, o mercado de ornamentais sempre carece de novidades, e novos produtos acrescentam competitividade ao setor e aumentam consideravelmente a margem de lucro. O presente estudo tem como objetivo a obtenção de híbridos de pimentas ornamentais do gênero Capsicum, híbridos de gerânios do gênero Pelargonium e de vincas (Catharanthus roseus); e ainda coleta e seleção de roseiras com potencial termotolerante (Rosa spp.). O germoplasma citado foi coletado nos estados do Ceará, Piauí e Maranhão e os experimentos foram conduzidos em telados na cidade de Ibiapina, Serra da Ibiapaba, no Ceará e em Teresina, Piauí, no Departamento de Fitotecnia, do Centro de Ciências Agrárias, da Universidade Federal do Piauí. Os genótipos coletados, genitores envolvidos em cruzamentos e descendentes F1 e F2 foram caracterizados com base em descritores qualitativos multicategóricos e quantitativos publicados pelo IPGRI e UPOV. Os dados dos descritores quantitativos foram submetidos à análise de variância univariada, seguida do agrupamento das médias (Scott-Knott, a 5% de probabilidade), e os dados dos descritores qualitativos multicategóricos foram ponderados a partir da moda observada. Também foram realizadas análises de agrupamentos UPGMA e pelo método de Tocher, análises dialélica, verificação de heterose e heterobeltiose e análises estatísticas descritivas. Pelas análises de dissimilaridade genética foi possível verificar pimentas ornamentais (BGC 199, 203, 258 e 260) e gerânios (F1: G8, 11 e 17) com caracteres similares ou superiores aos das plantas ornamentais disponíveis no mercado floricultor. Pelas hibridações foram obtidos gerânios (F2: 09x07, 11x10, 12x09,12x11, 13x11, 15x12 e 18x17), pimentas (F1 BCG: H3-220x258; H2-207x203; H7-98x257 e H8-199x207) e vincas (ORN-UFPI F1: H11 e H25 de V01xV02 e as F2: H13 de V01xV02 e H1 de V03xV04 ) que podem ser indicados para a comercialização ou por exibirem caracteres distintos para formatos, altura e cores podem avançar no programa de melhoramento genético, resultando em posterior proteção ou registro de novas cultivares. Para a seleção de roseiras, 35,5% dos genótipos caracterizados sob estresse térmico (01, 04, 05, 06, 10, 12, 16, 25, 29, 30, 40, 41, 42 e 43) exibiram potencial termotolerante e devem ser avaliados em estudos de termoestabilidade e de melhoramento visando resistência à altas temperaturas.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1342714 - ANGELA CELIS DE ALMEIDA LOPES
Externo à Instituição - MARIA IMACULADA ZUCCHI - APTA
Interno - 423361 - REGINA LUCIA FERREIRA GOMES
Interno - 930.516.623-72 - VERÔNICA BRITO DA SILVA - UENF
Externo à Instituição - VIVIAN LOGES - UFRPE
Notícia cadastrada em: 21/11/2023 09:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 16/06/2024 02:40