Notícias

Banca de DEFESA: YNAYANNA NARIZA MEDEIROS SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: YNAYANNA NARIZA MEDEIROS SILVA
DATA: 30/04/2024
HORA: 14:00
LOCAL: Núcleo da Pós-graduação do Centro de Ciências Agrárias-CCA/UFPI
TÍTULO: EFEITOS LETAIS E SUBLETAIS DE ÓLEOS ESSENCIAIS, COMPOSTOS ISOLADOS E PRODUTOS SINTÉTICOS SOBRE Tetranychus neocaledonicus ANDRÉ (1933) (Acari: Tetranychidae)
PALAVRAS-CHAVES: Toxicidade; repelência; taxa instantânea de crescimento populacional; Tabela de vida; parâmetros biológicos.
PÁGINAS: 111
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Objetivou-se avaliar os efeitos letais e subletais dos óleos essenciais de Litsea cubeba, Melaleuca alternifolia e Cinnamomum camphora, dos compostos isolados Y-terpinene e Eucaliptol e dos produtos sintéticos Abamectina, Espinosina e Metomil sobre Tetranychus neocaledonicus André, 1933 (Acari: Tetranychidae). A toxicidade foi testada sobre fêmeas adultas. O efeito repelente foi verificado através de teste com chance de escolha, sendo utilizados discos foliares com metade tratado com as CL15 e CL30 dos produtos e metade dos discos foliares não tratados. O efeito ovicida foi determinado a partir da aplicação das CL50 e CL90 dos produtos. Para determinar a taxa instantânea de crescimento populacional (ri), foi utilizado as CL15 e CL30 dos óleos essenciais e compostos isolados. Para avaliar os efeitos dos óleos e isolados na história de vida, utilizou-se a concentração subletal CL20 desses produtos. Nas fêmeas sobreviventes a exposição dos produtos (geração parental) avaliou-se o número de fêmeas sobreviventes e ovos depositados. Foram calculadas a sobrevivência média e fecundidade específica. Os mesmos parâmetros também foram avaliados para a geração F1 (subsequente), com acréscimo dos parâmetros biológicos e parâmetros de tabela de vida. De acordo com as CLs50 e CLs90, a toxicidade para fêmeas adultas de todos os produtos testados decresceu na seguinte ordem: Espinosina> Metomil> Abamectina > L. cubeba > γ-Terpinene > C. camphora > M. alternifolia > Eucaliptol. De todos os produtos testados, o que causou a menor viabilidades de ovos foi o óleo essenciail de M. alternifolia na CL90. Quanto à classificação de repelência dos acaricidas sintéticos, apenas espinosina na concentração CL30 foi repelente, os demais foram classificados como neutros. Quanto aos óleos essenciais e compostos isolados, obtiveram classificação como neutro eucaliptol em ambas as concentrações testadas, C. camphora, eucaliptol e y-terpinene na CL15, sendo os demais classificados como repelentes. A ri foi positiva mesmo após a aplicação dos tratamentos, no entanto, o óleo essencial de C. camphora reduziu o crescimento populacional do ácaro quando aplicado em concentração CL15. A menor sobrevivência na geração parental foi observada quando se aplicou o óleo de C. camphora. Ressaltam-se também que o óleo de M. alternifoilia e o isolado y-terpinene também reduziram a sobrevivência de T. neocaledonicus. Entretanto, o óleo essencial de L. cubeba e o isolado eucaliptol não influenciaram na sobrevivência e longevidade da geração parental. Os parâmetros biológicos das fêmeas da geração F1 de T. neocaledonicus foram afetados pelas concentrações subletais dos produtos, exceto o isolado eucaliptol, que não afetou nenhum desses parâmetros. Todos os parâmetros populacionais de tabela de vida e fertilidade de T. neocaledonicus da geração F1 foram afetados quando submetidos as CL20 dos óleos essenciais de L. cubeba, M. alternifolia e C. camphora, exceto Ro no óleo de L. cubeba. O isolado eucaliptol não afetou nenhum dos parâmetros de tabela de vida da geração F1 de T. neocaledonicus, quando comparados com a testemunha. Entretanto o isolado y-terpinene afetou todos os parâmetros, exceto T. Os produtos testados se mostraram promissores para o controle de T. neocaledonicus

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 011.018.573-07 - DOUGLAS RAFAEL E SILVA BARBOSA - IFMA
Externo à Instituição - GUTIERRES NELSON SILVA - IFMS
Externo à Instituição - MARIANA OLIVEIRA BREDA - UFAL
Presidente - 1167867 - PAULO ROBERTO RAMALHO SILVA
Externo à Instituição - ROSENYA MICHELY CINTRA FILGUEIRAS - IFPI
Externo à Instituição - SOLANGE MARIA DE FRANCA - UEMA
Notícia cadastrada em: 12/04/2024 16:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 16/06/2024 04:14