Notícias

Banca de DEFESA: MARY SANDRA LANDIM PINHEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARY SANDRA LANDIM PINHEIRO
DATA: 14/03/2017
HORA: 16:00
LOCAL: Sala 458
TÍTULO: A TV Antares no processo de desconstrução do modelo de TV Pública no Brasil
PALAVRAS-CHAVES: TV Antares; EBC; Economia Política da Comunicação; Comunicação Pública; Cidadania.
PÁGINAS: 237
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO:
A dissertação trata sobre o lócus da TV Antares no campo da radiodifusão pública brasileira, em meio ao contexto atual, com a Medida Provisória 744/2016 que modifica dispositivos da lei 11.652/2008 que criou a EBC (Empresa Brasil de Comunicação). O foco da análise são os conteúdos produzidos pela emissora estadual em prol da construção de uma cidadania piauiense. Será investigado como a programação televisiva apresenta os indicadores que apresentam características voltadas ao serviço público, assim como os “desvios” nessas condutas de produção de conteúdos. Foram elencados os indicadores: Prestação de Serviços; Defesa dos Direitos das Minorias; Propaganda Governamental; Política; Saúde Pública; Publicidade Comercial; Publicidade Governamental; Esporte Regional; Discussão da religião em estado laico; Educação; Cultura; Cultura Regional; Estímulo à interatividade. Para àquelas produções que não se enquadram nesses indicadores foi criada a categoria outros.
A conjuntura atual do canal público piauiense, em termos de investimentos, estrutura de funcionamento e quadro profissional, é apresentada por meio de comparativo com o que é exposto nas leis e decretos estaduais que normatizam a Fundação Radio e Televisão do Piauí- Fundação Antares, instituição mantenedora da TV Antares, objeto da presente pesquisa.
Também compõe a investigação documentos e entrevistas que apresentam como os pressupostos da radiodifusão pública são ofertados para propiciar a qualidade necessária para a prestação serviço público. Para isso, são feitas análises tendo por base os pressupostos preconizados pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura) e contribuições de pesquisadores que estudam o tema. O referido estudo busca compreender em âmbito regional como o segmento público, atua para cumprir com o que está previsto na Constituição Federal Brasileira, em complementaridade aos sistemas estatais e privados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167672 - JACQUELINE LIMA DOURADO
Externo à Instituição - MURILO CÉSAR OLIVEIRA RAMOS - UnB
Interno - 1167703 - PAULO FERNANDO DE CARVALHO LOPES
Notícia cadastrada em: 15/02/2017 18:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 14/08/2022 10:33