Notícias

Banca de DEFESA: BORIS ERNESTO GIL GALEANO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BORIS ERNESTO GIL GALEANO
DATA: 10/02/2020
HORA: 10:00
LOCAL: SALA 459 - CCE
TÍTULO: TECNOLOGIAS E APRENDIZAGENS: Um estudo sobre as redes sociais como dispositivos pedagógicos
PALAVRAS-CHAVES: Redes Sociais. Tecnologias. Dispositivos Pedagógicos. Aprendizagem.
PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO:

A utilização das redes sociais tem propiciado significativas mudanças na organização social, não somente no campo das mídias, mas na sociedade como um todo, em suas diversas esferas. Tais mudanças fazem emergir outras configurações de práticas sociais a partir da midiatização em processo que produz afetações em diversos campos. A educação, em concreto, através das redes sociais, tem começado a produzir outras formas de aprendizagem, em que as redes sociais além de serem suportes de comunicação adquirem outras funcionalidades e produzem outras inteligibilidades. Dessa forma, as redes sociais transcendem a função de lazer e de sociabilidade para tornarem-se dispositivos pedagógicos. Nesse contexto, este trabalho problematiza a compreensão de usos das redes sociais como dispositivos pedagógicos. Assim, procura centrar-se nas formas como, na atualidade, as redes sociais estão mudando os modos de produção e de circulação social do conhecimento, dando atenção especial às formas que afetam a dinâmica educativa. Para tal, apresenta como objetivo geral compreender de que modos os estudantes do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Piauí (UFPI) utilizam as redes sociais como dispositivos pedagógicos. Do ponto de vista metodológico, consiste em uma pesquisa empírica, de abordagem qualitativa. O embasamento teórico, por sua vez, fundamenta-se em Xavier (2014), Fausto Neto (2008) e Braga (2012), que discutem a midiatização; Recuero (2009, 2012) e De Haro (2009) que abordam a questão das redes sociais; Agamben (2006), Deleuze (1990, 1995, 2013), Foucault (1983, 1997) quando discutem o conceito de dispositivo; e Fischer (2012) que discorre sobre o termo de dispositivo pedagógico. A parte empírica desta pesquisa foi constituída de entrevistas semiestruturadas realizadas com estudantes da Licenciatura em Pedagogia. Além disso, foi feita a observação direta das redes sociais que os entrevistados mencionaram como dispositivos pedagógicos. A análise e a interpretação das informações foram realizadas através da Análise do Discurso de inspiração foucaultiana (1970, 1986). O presente estudo identificou que as redes sociais representam novas possibilidades de aprendizagens, mais voltadas para autonomia dos sujeitos, onde é intensificada a experiência e o cuidado de si. As redes sociais apresentam-se como um universo fragmentado de informações, que respondem aos diversos interesses dos estudantes. Nesse sentido, passam a se configurar como dispositivos pedagógicos na medida que os sujeitos se apropriam da informação que circula nesses espaços virtuais.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1751868 - MONALISA PONTES XAVIER
Interno - 1167865 - GUSTAVO FORTES SAID
Externo à Instituição - PABLO SEVERIANO BENECIDES - UFC
Notícia cadastrada em: 04/02/2020 11:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 29/11/2020 01:22