Notícias

Banca de DEFESA: LEILA LIMA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEILA LIMA DE SOUSA
DATA: 18/03/2014
HORA: 16:00
LOCAL: SALA 458 DCS- CCE UFPI
TÍTULO:

IDEOLOGIA E IDENTIDADES CULTURAIS: a construção da imagem do Piauí na “Caravana Meu Novo Piauí” e “Caravana TV Cidade Verde 25 anos”


PALAVRAS-CHAVES:

Televisão. Identidades culturais. Caravanas.


PÁGINAS: 200
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Teoria da Comunicação
RESUMO:

Neste trabalho tratamos da construção de identidades culturais piauienses através da “Caravana Meu Novo Piauí” e da “Caravana TV Cidade Verde 25 anos”, realizadas pelas emissoras “TV Meio Norte” e “TV Cidade Verde”, situadas em Teresina, Piauí. As Caravanas foram assim denominadas por se tratarem de programas que percorreram municípios piauienses durante determinado período de tempo e em cada cidade narravam a história local e da população. Temos como objetivo nesta pesquisa analisar criticamente a construção de identidades realizadas pelos dois programas. Entendemos que a mídia, em especial, a televisão, assume papel crucial na mediação de símbolos identificatórios para os sujeitos, indo muito além de sua caracterização como um eletrodoméstico. A problemática da pesquisa gira em torno, portanto, do seguinte questionamento: quais as identidades piauienses construídas nas Caravanas Meu Novo Piauí e TV Cidade Verde 25 anos?  Como aporte teórico, faremos uso das proposições dos Estudos Culturais para entender as inter-relações entre os meios de comunicação e a construção de identidades. Levamos em consideração as modificações que o conceito de identidade vem sofrendo na era contemporânea marcada pela desterritorialização das narrativas, o diálogo cada vez mais íntimo e estreito entre o global e o local e o alcance em larga escala dos meios de comunicação. A técnica de análise utilizada é análise de conteúdo temático categorial (Bardin, 2011), além de entrevistas em profundidade com os idealizadores das duas Caravanas. Diante da análise dos produtos ficou claro que as Caravanas apostam em dois vieses identitários: de um lado, na legitimação de um discurso de desenvolvimento e mudança de vida em solo piauiense; de outro, a tentativa de criação de uma cultura local comum através do reforço aos símbolos da cultura sertaneja. Essas duas alternativas identitárias estão intimamente ligadas ao discurso do grupo político em exercício e criam mecanismos de reforço à perpetuação de poder e relações de dominação, historicamente preestabelecidas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1354316 - ANA REGINA BARROS REGO LEAL
Presidente - 1167865 - GUSTAVO FORTES SAID
Externo à Instituição - TIAGO QUIROGA FAUSTO NETO - UnB
Notícia cadastrada em: 20/02/2014 16:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 30/11/2020 17:40