Notícias

Banca de DEFESA: FRANCISCA DJALMA PEREIRA RODRIGUES E SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCA DJALMA PEREIRA RODRIGUES E SILVA
DATA: 24/02/2023
HORA: 08:30
LOCAL: Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=upVQ0UQ1yOI (Divulgação)
TÍTULO: Conceito de paisagem nos anos iniciais em escolas da rede municipal de ensino de Teresina/PI
PALAVRAS-CHAVES: Anos iniciais. Ensino de Geografia. Paisagem. Desenho. Fotografia.
PÁGINAS: 264
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

A Geografia é essencial para a compreensão do mundo principalmente por meio da leitura da paisagem, conceito geográfico vivenciado cotidianamente. Nesse contexto, o estudo foi dedicado ao ensino de Geografia e ao conceito de paisagem nos anos iniciais, além de reflexões acerca da potencialidade da linguagem do desenho e da fotografia na mediação didática de Geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Desse modo, delineou-se como objetivo geral: compreender a potencialidade da linguagem do desenho e da fotografia para a construção do conceito de paisagem nos anos iniciais, em uma escola da Rede Municipal de Ensino de Teresina/Piauí. E como específicos: identificar as concepções de ensino e aprendizagem de Geografia e do conceito de paisagem, apresentadas na mediação didática realizada pelo(a) professor(a) de Geografia, nos anos iniciais; discorrer sobre a potencialidade da utilização da linguagem do desenho e da fotografia, associadas ao conceito de paisagem como mediadoras na construção dos conhecimentos geográficos nos anos iniciais e desenvolver uma sequência didática, com desenhos e fotografias, no sentido de contribuir para a construção de conhecimentos geográficos que auxiliem na leitura do mundo, nos anos iniciais. Assim, questionou-se: que ações metodológicas são realizadas pelos professores-pedagogos que ministram aulas de Geografia, em turmas do 5º ano do Ensino Fundamental das escolas da Rede Municipal de Ensino de Teresina, no sentido de contribuir para que o processo de ensino-aprendizagem ocorra de forma significativa e na perspectiva da leitura do mundo vivido dos educandos? A metodologia ancorou-se na abordagem qualitativa a partir da pesquisa-ação-educacional, estruturada em três etapas: a teórica, aportada em referências do campo da educação, da teoria histórico-cultural, do ensino de Geografia e de Geografia dos anos iniciais; a documental que analisou a Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017) e o Currículo de Geografia de Teresina (TERESINA, 2018) e a empírica realizada por meio de observações, entrevista, rodas de conversa, sequência didática, desenhos, fotografias e registros em diário de campo. O trabalho foi estruturado em cinco seções I, II, III, IV e V, ou seja, o percurso metodológico; revisão bibliográfica sobre ensino, paisagem, desenho e fotografia na mediação didática de Geografia, nos anos iniciais; a análise da BNCC e do Currículo de Geografia de Teresina; o perfil e prática de ensino do professor; E, por fim, os resultados de uma sequência didática realizada com as crianças. Como resultado percebeu-se evidências de que os desenhos e as fotografias associados ao conceito de paisagem, podem contribuir para a construção de conhecimentos geográficos com as crianças de maneira significativa e que ao observarem as paisagens do seu lugar de vivência conseguiram identificar os problemas da comunidade, além de apresentarem possíveis soluções. Dessa forma, pode-se afirmar que os desenhos e as fotografias, podem contribuir para que as crianças, enquanto sujeitos ativos do processo de ensino-aprendizagem, realizem a leitura do mundo vivido.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1433032 - RAIMUNDO LENILDE DE ARAUJO
Interno - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Externo à Instituição - CRISTINA MARIA COSTA LEITE - UnB
Externo à Instituição - JADER JANER MOREIRA LOPES - UFF
Externo à Instituição - JOSE FALCAO SOBRINHO - UVA
Notícia cadastrada em: 09/01/2023 16:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 15/06/2024 20:12