Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALESSANDRA BRAUNA DE MEIRELES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRA BRAUNA DE MEIRELES
DATA: 28/08/2023
HORA: 09:30
LOCAL: Sala Remota
TÍTULO: Patrimônio Arquitetônico e Paisagem Cultural na "Beira-Rio" na cidade de Parnaíba (PI)
PALAVRAS-CHAVES: Paisagem; Paisagem cultural; Patrimônio arquitetônico; Patrimônio cultural.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O termo Patrimônio Cultural, é definido pela Constituição Federal de 1988 e abrange os bens de natureza material e imaterial que tenham referência à identidade, ação e memória. Dentre as referências culturais, encontram-se as edificações, os conjuntos urbanos e sítios históricos, assim configura-se o Patrimônio Arquitetônico. Essas construções são uma das diversas formas de expressão da história da Humanidade erguidas sobre o espaço visível, todavia, além de toda a sua concretude, que detém testemunhos de épocas, materiais e técnicas construtivas, é possível suscitar a quem as observa na forma de paisagem, variadas percepções de cunho subjetivo, abstrato, como a noção de realidades distintas e múltiplos cotidianos que se camuflam por estes cenários. Dessa forma, esta pesquisa apresenta como objetivo geral um estudo com enfoque na Paisagem Cultural identificada através do Patrimônio Arquitetônico existente no espaço da “Beira-rio” na cidade de Parnaíba (PI), cujo desenvolvimento organiza-se conforme os seguintes objetivos específicos: a) abordar os principais conceitos de paisagem à luz das ciências: Geografia, Arquitetura e Turismo; b) Identificar os principais aspectos para categorização da paisagem; c) Destacar as camadas com as dimensões naturais, históricas e culturais na paisagem da Beira-rio. A pesquisa segue o método fenomenológico, com caráter exploratório e descritivo, sendo desenvolvida em três capítulos: O primeiro capítulo apresenta uma abordagem teórica à luz dessas ciências; no segundo capítulo, buscou-se fazer uma exposição das classificações encontradas em fontes literárias sobre paisagem quanto aos valores atribuídos e suas dimensões, visando a sua categorização e leitura, ao utilizar como embasamento estudos de caso na perspectiva internacional e nacional; e como exercício prático da temática abordada, o terceiro capítulo apresenta como objeto desse estudo, o recorte espacial da “Beira-rio”, identificando através de mapas, imagens e ações junto à comunidade local, as camadas que compreendem as dimensões naturais, históricas e culturais, buscando evidenciá-lo como uma paisagem cultural da cidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Interno - 1301254 - EDVANIA GOMES DE ASSIS SILVA
Externo à Instituição - GUILHERMINA CASTRO SILVA - CEUPI
Notícia cadastrada em: 14/08/2023 22:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/06/2024 08:25